Empresas buscam imigrantes não qualificados para trabalhar e oferecem Green Card

Especialista no setor de recrutamento, a KAG Brasil tem vagas abertas nos Estados Unidos

0
13997
Hydro, multinacional líder no setor de alumínio e energia (Foto: Divulgação)
Hydro, multinacional líder no setor de alumínio e energia (Foto: Divulgação)

*Informe Publicitário

Imigrantes sem mão de obra qualificada, ou seja, sem formação especial ou experiência, podem aplicar para vagas de trabalho em empresas norte-americanas, com a possibilidade de conseguirem um Green Card. Isso é o que afirma Flávia Cavalcanti, CEO da Kennedy Access Brasil (KAG), especialista no recrutamento desses profissionais para empresas de médio e grande portes nos Estados Unidos. Com sede em Atlanta e escritório em Recife, a empresa tem 20 anos de atuação e já empregou cerca de 500 imigrantes brasileiros no país. “Por conta da escassez de mão de obra em alguns estados americanos, diversas indústrias recrutam estrangeiros através do visto EB3”, conta Flávia. “Nessa época de festas de final de ano, a busca se intensifica, especialmente nas fábricas de produtos alimentícios, por conta do aumento na demanda”, explica.

Flávia Cavalcanti, CEO da Kennedy Access Brasil (KAG), recruta imigrantes brasileiros para oportunidades na Hydro, multinacional líder no setor de alumínio e energia (Foto: Divulgação)
Flávia Cavalcanti, CEO da Kennedy Access Brasil (KAG), recruta imigrantes brasileiros para oportunidades na Hydro, multinacional líder no setor de alumínio e energia (Foto: Divulgação)

A maioria das vagas com esse perfil fica em Dakota do Sul, Georgia, Minnesota, Nebraska, Wisconsin e Carolina do Norte. Atualmente, a KAG tem oportunidades na Hydro, multinacional líder no setor de alumínio e energia com 31 mil empregados. “A unidade da Hydro em Dakota do Sul oferece patrocínio das taxas imigratórias, um processo que chega custar $3,200 para o aplicante”, conta Flávia.

Para participar dos processos seletivos intermediados pela Kennedy Access Brasil, o aplicante pode residir no Brasil ou nos Estados Unidos, com a condição de não possuir nenhuma irregularidade com as leis imigratórias americanas. Pessoas com vistos de estudante ou turista, desde que com status válido, podem aplicar para as vagas disponíveis no portfólio da empresa. A assessoria prestada pela KAG é feita em português, com custos pagos pelo aplicante após sua contratação. “Só anunciamos as vagas depois de autorizadas pelo departamento americano, então é importante que interessados se cadastrem gratuitamente em nosso sistema para serem notificados sobre novas oportunidades, que costumam ser concorridas”.

Segundo Flávia Cavalcanti, muitos possíveis candidatos chegam ao escritório da KAG tarde demais, com status imigratório irregular. “Por falta de informação, muita gente que poderia aplicar para o EB3 através dessas vagas, acaba perdendo a chance de trabalhar nos Estados Unidos legalmente, ganhando um bom salário”, lamenta a profissional de recrutamento.

Para saber mais sobre o trabalho da Kennedy Access Brasil, entre em contato através dos telefones +1 (470) 909-3139 ou +1 (240) 528-8189 ou pelo website kennedyaccessbrasil.com