Escolas do sul da Flórida suspendem aulas após enxurrada de trotes com ameaças

Mais de dez escolas da região dispensaram os alunos nesta terça-feira por medida de segurança; uma das ligações rastreada vinha de fora dos EUA

0
849
Policiais armados revistam prédio escolar em Miami-Dade (foto: NBC)
Policiais armados revistam prédio escolar em Miami-Dade (foto: NBC)

Várias escolas do sul da Flórida fecharam as portas nesta terça-feira (11), após receberem ligações telefônicas com ameaças falsas à segurança dos alunos. A primeira foi a West Broward High School, que fica em Pembroke Pines.  Na Dillard High School, em Fort Lauderdale, policiais armados e com cães farejadores revistaram todo o prédio, enquanto pais e responsáveis aguardavam notícias sobre os estudantes que ainda estavam lá dentro.

Ameaças também registrada na Flanagan High e na Somerset Academy. Funcionários do Broward School Board disseram que a avalanche de trotes começou a ser recebida início da manhã e se arrastou até a tarde. “Para a segurança de nossos alunos e funcionários, todas as escolas de ensino médio do distrito foram colocadas em estado de alerta, enquanto a polícia investiga ameaças a vários campi”, comunicou o distrito escolar pelo Twitter.

No condado de Miami-Dade, os policiais também foram chamados para a Miami Central High School, JC Bermudez High School, Ronald W. Reagan Senior High School, em Doral, Hialeah Senior High School, e Northwestern High School.

Operadores do  911 rastrearam uma das ligações que vinha  de fora dos EUA. Os detetives estão agora trabalhando descobrir  quem estava por trás dos trotes, e se a mesma pessoa ligou para todas as escolas.

“Eu sei que o impacto psicológico pode ser grande às vezes, mas estamos vivendo em uma era em que simplesmente não podemos correr o risco de ter um atirador ativo em nosso campus sem lidar com isso de forma agressiva”, disse o chefe de polícia escolar de Miami-Dade, Edwin Lopez“.

Todas as escolas já foram reabertas.