Escritório de advocacia em Boca Raton processa governo chinês por causa do coronavírus

Ação coletiva alega que governo chinês conduziu mal as políticas de combate ao coronavírus, resultando em uma pandemia

0
1489
Os advogados Russell Berman, Theodore Berman, Joseph Abruzzo e Frank Biden (Foto: The Berman Law Group)
Os advogados Russell Berman, Theodore Berman, Joseph Abruzzo e Frank Biden (Foto: The Berman Law Group)

O Berman Law Group, escritório de advocacia em Boca Raton (FL), entrou com uma ação federal coletiva (class-action) contra o governo da China e várias outras entidades governamentais chinesas, alegando que as ações para conter a pandemia de coronavírus foram mal conduzidas. 

Segundo o grupo jurídico, o processo acusa o governo chinês de não conter a propagação do vírus, resultando em uma grave crise econômica e de saúde pública no mundo. 

O grupo de advogados é apoiado por nomes como Frank Biden, irmão de Joe Biden e ex-senador Joseph Abruzzo.

O processo cita centenas de pessoas que foram negativamente afetadas pela pandemia, mesmo que não tenham sido contaminadas pelo vírus. “Muitas pessoas foram incluídas nesta causa e temos um processo judicial forte e consistente”, informa o escritório. 

A ação coletiva alega que o governo chinês “sabia que a COVID-19 era perigosa e capaz de causar uma pandemia, mas de ação lenta, proverbialmente colocou a cabeça na areia ou a encobriu por seu próprio interesse econômico”.

Entre outras reivindicações, a ação alega negligência por parte do governo chinês e está solicitando a realização de um julgamento.

O processo civil de 20 páginas foi protocolado em um tribunal federal do Sul da Flórida. 

Para mais informações acesse: www.bermanlawgroup.com.