Estado investiga denúncias de abuso em abrigo para menores imigrantes em Homestead (FL)

Em menos de um ano, seis casos foram reportados às autoridades

0
1421
Homestead Temporary Shelter for Unnaccompanied Children FOTO Brynn Anderson AP
Homestead Temporary Shelter for Unnaccompanied Children FOTO Brynn Anderson AP

A agência de bem-estar de crianças e adolescentes da Flórida está investigando seis casos de abuso sexual dentro das dependências de um abrigo federal para menores de idade no em Homestead, no Sul da Flórida. As denúncias são da The News Service of Florida.

O abrigo para menores imigrantes foi reaberto em março, depois que a política de “tolerância zero” do presidente Trump foi instituída. Centenas de crianças desacompanhadas dos pais foram levadas para o local.

O Florida Department of Children and Families está apurando as denúncias, incluindo duas alegações de abusos cometidos por guardas da instituição. Outros quatro casos seriam de abusos entre as próprias crianças.

O Estado não divulgou detalhes sobre as denúncias.

“Sabendo que essas crianças estão completamente vulneráveis, podemos chegar à conclusão que essas denúncias são apenas a ponta de um iceberg. Eles sabem que os casos não são devidamente denunciados”, afirma Jose Javier Rodriguez, senador Democrata por Miami.

Todas as seis alegações de abuso no abrigo de Homestead foram feitos por meio do Florida Abuse Hotline. (Com informações do Sunsentinel)