Estados Unidos

Estados americanos proíbem uso de sopradores de folha a gasolina e indústria de paisagismo reage

Sopradores a gasolina estão sendo alvo de governos em todo o país; uma proibição na Califórnia começa no próximo mês

Comunidades querem abolir soprador de folhas a gasolina. Foto: Civil Beat

O ronco dos sopradores de folhas tornou-se um barulho inescapável do cotidiano em comunidades por todo o país, levando cidades e estados a proibir ou restringir o uso desses dispositivos movidos a gasolina. No entanto, essas medidas enfrentam resistência da indústria de paisagismo e de alguns proprietários, que afirmam que os sopradores a bateria, indicados pela nova legislação, são mais caros e menos eficazes do que os modelos a gasolina.

“Se você observar o que essas máquinas fazem, o quão barulhentas são, o quanto poluem, não é normal aceitá-las onde vivemos, onde nossos filhos brincam,” disse Jessica Stolzberg, que ajudou a implementar uma proibição desses dispositivos em sua cidade natal, Montclair, New Jersey. Desde que a proibição entrou em vigor em outubro passado, ela disse que “Montclair se tornou uma comunidade mais saudável, limpa e silenciosa”. Porém, a proibição está sendo contestada judicialmente por jardineiros locais, ela acrescentou.

Sopradores a gasolina estão sendo alvo de governos em todo o país. Uma proibição na Califórnia começa no próximo mês, e medidas semelhantes foram aprovadas em Washington, D.C.; Portland, Oregon; Condado de Montgomery, Maryland; Burlington, Vermont; e Evanston, Illinois, entre outros lugares.

Embora várias comunidades americanas já tenham implementado proibições totais ou parciais aos sopradores de folhas a gasolina, New Jersey está considerando proibi-los em todo o estado. Na quinta-feira (20), um comitê do Senado estadual avançou com um projeto de lei que proibiria tais sopradores durante a maior parte do ano, mas permitiria o uso de sopradores com motores de combustão de quatro tempos durante os períodos de limpeza intensa na primavera e no outono. É um compromisso que a indústria está disposta a aceitar no interesse de ainda poder usar os sopradores a gasolina mais potentes quando forem mais necessários.

Várias empresas de gestão de campos de golfe e paisagismo disseram apoiar a ideia de uma transição gradual para a energia a bateria, mas querem mais tempo para implementá-la, possivelmente permitindo o desenvolvimento de modelos a bateria mais potentes.

Compartilhar Post:

Baixe nosso aplicativo