Estados Unidos exportam petróleo pela 1ª vez em 40 anos

Recentemente, Obama suspendeu proibição que impedia petrolíferas dos EUA de exportar; América Latina é um dos mercados-alvo das empresas

0
1037

DA REDAÇÃO, com Estadão – A legislação que suspendeu a proibição às exportações de petróleo dos EUA, que estava em vigor havia quarenta anos, mal foi aprovada e as petrolíferas norte-americanas já estão se movimentando para fazer seus primeiros embarques.

Dois navios com carregamentos de petróleo zarparam de portos no Texas nas duas últimas semanas e há expectativa de mais embarques. As primeiras vendas seguiram para a Europa mas, no longo prazo, a América Latina e a Ásia deverão se tornar clientes dos EUA, segundo especialistas da indústria.

As exportações de petróleo começaram menos de um mês depois de o presidente Barack Obama assinar a lei que aboliu a proibição. Grandes empresas de infraestrutura, como a Plains All American Pipeline e a Enterprise Product Partners, passaram os últimos anos investindo bilhões de dólares na construção de novos oleodutos, tanques de armazenamento e docas em portos.

O primeiro carregamento de petróleo partiu de Corpus Christi, no Texas, na véspera do ano-novo, e foi feito pela ConocoPhillips, com destino ao Estado alemão da Baviera.

Outro carregamento foi feito a partir do terminal da Enterprise em Houston, no começo do ano, e segue para a cidade francesa de Marselha. De lá, o petróleo será transportado via oleoduto para uma refinaria na Suíça.

Petrobras desvalorizada
Já no Brasil, a principal estatal nacional, a Petrobras, navega em águas turbulentas. Na terça-feira (12), ações da petrolífera brasileira fecharam em forte queda, atingindo mínimas de quase 12 anos, após a estatal ter anunciado uma redução de $32 bilhões em seu plano de investimentos da para o período 2015-2019.

Segundo o portal G1, a Petrobras caiu 9,19% nas ações preferenciais (que dão ao acionista preferência na distribuição de dividendos), a R$ 5,53, o menor valor desde 2004. As ações ordinárias (que dão direito a voto em assembleias da empresa) caíram 7,65%, a R$ 7. O Ibovespa, principal indicador da bolsa de valores, caiu 1,09%, aos 39.513 pontos.

Segundo dados da provedora de informações financeiras Economatica, a última vez que a ação fechou abaixo de R$ 6 foi em 28 de maio de 2004, já considerando os valores ajustados por proventos.

A petroleira informou na terça que o Conselho de Administração da estatal reduziu o plano de investimentos da companhia para o período 2015-2019 para $98,4 bilhões, queda de $32 bilhões ante a projeção inicial, principalmente devido à otimização do portfólio de projetos e do efeito cambial.

De acordo com a Petrobras, esses ajustes na carteira de investimentos resultaram em uma redução da projeção de produção de petróleo no Brasil de 2,185 milhões de barris por dia em 2016 para 2,145 milhões de bpd e de 2,8 milhões de bpd em 2020 para 2,7 milhões.