Ex-jogador da NFL mata cinco pessoas e se suicida em South Carolina

Entre as vítimas de Phillip Adams estavam quatro pessoas da mesma família, sendo duas crianças de 9 e 5 anos

0
2068
Phillip Adams, de 32 anos (foto: reprodução)
Phillip Adams, de 32 anos (foto: reprodução)

Phillip Adams, de 32 anos, é um ex-jogador profissional da NFL que jogou em times como o New England Patriots ao lado de Tom Brady, marido de Gisele Bündchen.

Ele foi identificado como o atirador que matou cinco pessoas dentro da casa em que moravam em South Carolina na tarde de quarta-feira (7). Em seguida, ele cometeu suicídio. 

As vítimas são o médico Robert Lesslie, de 70 anos, sua esposa, Barbara Lesslie, de 69, e seus dois netos, Adah, de 9, e Noah, de 5. 

Um funcionário da família, James Lewis, de 38,  que trabalhava na residência no momento que ocorreu o tiroteio  também foi morto e uma sexta pessoa foi hospitalizada em estado grave.

A polícia foi acionada por vizinhos próximo que ouviram os disparos e chegou ao local por volta das 4:45 p.m. 

Os agentes encontraram evidências deixadas na cena do crime que os levaram a Adams como suspeito. Eles foram à casa dos pais do ex-jogador e o encontraram morto por um único tiro na cabeça.

Ainda não está claro os motivos que levaram à chacina, mas sabe-se que Adams foi tratado por Lesslie, que morava perto da casa de seus pais em Rock Hill. 

Lesslie trabalhou por décadas como médico de emergência, certificado em medicina de emergência e medicina ocupacional e atuou como diretor médico do departamento de emergência por quase 15 anos no Rock Hill General Hospital.

Adams sofreu uma grave lesão no tornozelo em 2010 que exigiu uma cirurgia que incluiu vários parafusos inseridos na perna. Ele foi dispensado pelos 49ers pouco antes do início da temporada de 2011.