Ex-presidiário confessa assassinato de mulher desaparecida em Sunrise

Corpo de Erika Verdecia, de 33 anos, mãe de uma menina de seis, foi encontrado em canal perto da casa do suspeito; ele já havia sido condenado por outro homicídio e estava solto há um ano

0
1413
Eric Pierson confessou ter matado Erika e foi preso (Foto Reprodução NY Post)

A polícia do condado de Broward prendeu Eric Pierson, de 54 anos, que confessou ter matado Erika Verdecia, de 33 anos, e jogado seu corpo em um canal atrás da casa dele em Davie (FL). Erika estava desaparecida desde o final de setembro.

De acordo com a ocorrência policial, Pierson estava solto há um ano, depois de ter cumprido 26 anos de prisão pelo assassinato de outra jovem.

Erika desapareceu no dia 28 de setembro. A mãe dela relatou à polícia que amigos disseram que ela estava com Pierson na manhã do dia 25 de setembro. Os policiais interrogaram o suspeito diversas vezes até que a namorada dele ligou para as autoridades para denunciar atitudes suspeitas de Pierson ligadas ao caso. Ele então confessou ter matado Erika e deu detalhes do crime.

O corpo de Erika, que tinha uma filha de seis anos, foi retirado do canal e identificado pelas autoridades. Ela foi assassinada com golpes de chave de fenda no pescoço e nos olhos.

“Eu não consigo entender porque um assassino está solto nas ruas”, questiona a mãe da jovem. “Por que a Justiça falhou conosco?”.

Pierson foi preso acusado de assassinato em primeiro grau e foi levado para o presídio Broward County Main.