Exposição em New York homenageia o Rio de Janeiro

0
1001
Rio de Janeiro, uma das cidades mais fotogênicas do mundo (Mark Goble/Flicker)

Um tributo às olimpíadas que o Rio de Janeiro vai sediar em 2016. Esse é o mote da exposição Brazil Week 2015 Expo Brazil, que abre ao público em New York no dia 31 de agosto. A mostra, que fica em cartaz na galeria The HSA Gallery (4 West 43rg Street, 10036) até o dia 5 de setembro, é organizada pela empresária brasileira Silvana Magda, conhecida em Manhattan pela constante promoção do Brasil entre o público americano.

A Brazil Week 2015 Expo Brazil contará com fotografias do artista plástico Antonio Oliveira Filho, que traz obras de sua série “Espírito das Américas”. O espaço também contará com, entre outras atrações, a exibição de duas fantasias do Carnaval carioca e uma escultura (também assinada por Oliveira Filho) em forma de bola, que representa todas as modalidades esportivas da competição.

A abertura do evento, no dia 31, conta com diversas atrações. Uma delas é a presença do diretor da Embratur na América do Norte, Miguel Gerônimo, que irá apresentar um vídeo que retrata a mudança pela qual o Rio vem passando para sediar o mais importante evento esportivo da Terra. Completam a data shows de samba e bossa nova.

Silvana conta que o bom momento econômico dos Estados Unidos é propício para fazer com que mais americanos se interessem pelo Brasil. “O maior mercado de consumo de turismo é o dos Estados Unidos, e esse é o momento de incentivar o público americano a voltar a frequentar o Brasil, país que sofre com concorrentes como o Caribe e com fatores como a distância, que acaba desanimando turistas daqui a irem para lá.”

Tradições africanas no Brazil in Harlem
A promoter aproveita para divulgar outro evento Brazil in Harlem, que leva a identidade brasileira, com ênfase na herança cultural africana, ao bairro com maior população negra de New York. O evento, que acontece de 1 a 6 de setembro no The New York State Office Building (163 West 125th Street, 10027), vai apresentar ao público americano danças típicas, como a congada, o frevo, o Carnaval, o samba de roda e o cateretê. O candomblé, religião de origens afro, muito popular na Bahia, também será discutida em um painel. Mais informações em brazilweeknyc.com.