Família de mineiro tetraplégico pede ajuda da comunidade

Carlos Alberto Moraes foi atropelado há 20 anos e recebe cuidado dos pais já idosos em Pompano Beach

0
1370

DA REDAÇÃO – Os pais do brasileiro Carlos Alberto Moraes, de 56 anos, que desde um acidente em 1995 vive numa cama tetraplégico, estão precisando da ajuda da comunidade. Já idosos, o casal Moisés, 85 anos, e Maria Geralda, 80, luta com dificuldade para cuidar do filho e conta com o apoio de voluntários e colaboradores.

Depois de viver 18 anos no hospital, há dois anos Carlos Alberto recebe cuidados em casa. Eles vivem num pequeno apartamento em Pompano Beach, no terceiro andar de um edifício simples. Sem nenhum tipo de renda, a família vive de doações de uma igreja e de anônimos que se comovem com a história dos três.

“Temos recebido a ajuda de irmãos preciosos e até aqui nada tem nos faltado, nossa despesa mensal chega a mais de $2.000 e, apesar de um valor tão alto, nosso Deus tem suprido cada uma das necessidades desde medicamentos, atendimento médico e alimentação. Queremos deixar aqui nossa gratidão a você que nos ajudou e ajuda, deixar nossas orações em favor de sua vida para que Deus o recompense ricamente por tão importante obra em nosso socorro. Não temos auxilio do governo e contamos com a ajuda da comunidade. A vocês que ajudam, nossa infinita gratidão e reconhecimento do muito que nos fez e tem feito”, disse dona Maria. Todo tipo de ajuda é bem-vinda, desde utensílios para higiene, produtos de limpeza, roupas de cama, alimentos, etc.

O acidente
No dia 24 de outubro de 1995, Carlos Alberto atravessava uma rua em Miami e antes de chegar do outro lado sua vida mudou completamente. O ex-taxista foi atropelado e, a partir daí, só voltou para casa no dia 18 de abril de 2014. Recém-casado com uma americana, Carlos Alberto foi abandonado pela esposa e, quando acordou do coma, sete meses depois, viu seu sonho de legalização desaparecer com a assinatura do divórcio.

Quem puder ajudar, favor entrar em contato com o senhor Moisés Moraes pelo telefone (954) 969-1780 ou com Neusa pelo email neusatoledo12@hotmail.com. Para doações em dinheiro: Bank of America, conta 003774028959 em nome de Moisés Moraes.