Filho de Trump se envolve em polêmica sobre e-mails para russos

Presidente defendeu o filho e disse se tratar ‘da maior caça às bruxas política da história’

0
2027
Donald Trump Jr
Donald Trump Jr

O presidente Donald Trump afirmou na quarta-feira (12) que seu filho mais velho é “inocente” na acusação de que manteve contato com pessoas ligadas ao governo russo com a intenção de obter informações sobre Hillary Clinton nas eleições presidenciais. As informações são do G1.

A Rússia negou qualquer envolvimento na reunião que possa ter acontecido em 2016 entre Donald Trump Jr. e a advogada russa Natalia Veselnitskaia durante a campanha eleitoral de 2016. O filho de Trump admitiu na terça-feira (11) que encontrou a advogada russa, apresentada como uma emissária do governo russo, que poderia fornecer informações comprometedoras sobre Hillary. Ela negou ter informações sensíveis.

Na terça-feira, Trump Jr. postou trechos de uma suposta troca de e-mails com o publicitário britânico Rob Goldston, sócio de um editor britânico, empresário de artistas e amigo da família Agalarov. Goldstone dizia que o pai do cantor russo Emin Agalarov, que ele representava, tinha informações comprometedoras sobre Hillary Clinton. Segundo a imprensa britânica, a conversa mostraria sua disposição de obter informações.

O bilionário russo Aras Agalarov, pai de Emin Agalarov, chamou nesta quarta-feira de “invenções” a afirmação de que teria informações comprometedoras sobre Hillary Clinton, segundo a France Presse.

O Kremlin também negou na quarta-feira (12) qualquer envolvimento na reunião entre Donald Trump Jr. e a advogada russa. “Já declaramos que não estamos a par de toda essa história. Nunca estivemos em contato com esta advogada e não temos nada a dizer sobre esta história. O caso é uma novela que se arrasta há tempos e que pode competir com as séries mais populares nos Estados Unidos, mas não participamos dessa novela”, afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

A suposta interferência russa na eleição presidencial é investigada pelo promotor especial Robert Mueller e pelo Congresso americano.

No Twitter, Trump afirmou que Donald Trump Jr. fez um “bom trabalho” se referindo a uma entrevista de seu filho sobre o assunto, televisionada na noite de terça-feira, em que ele admitiu ter se encontrado com a advogada. “Ele é aberto, transparente e inocente. Essa é a maior caça às bruxas da história política. Triste”.