Filme sobre impeachment de Dilma é indicado ao Oscar

Democracia em Vertigem, da cineasta Petra Costa, vai concorrer ao prêmio de Melhor Documentário

291

O filme Democracia em Vertigem, sobre o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e a crise política brasileira, foi indicado para o Oscar 2020 na categoria Melhor Documentário. Dirigido por Petra Costa e distribuído pela Netflix, o filme é uma visão pessoal da diretora sobre os acontecimentos de 2016 que culminaram com a deposição da petista. Mas a análise política vai além desse período, começando no primeiro mandato do ex-presidente Lula, em 2003, até as consequências do impeachment e as mudanças na estrutura de poder no país que culminaram com a eleição de Jair Bolsonaro em 2018.

Segundo o crítico de cinema Roberto Sadowski, do portal brasileiro UOL, o filme é “um dos momentos de brilho do cinema brasileiro em 2019. Ele surge mais como manifesto que documentário. [Petra Costa] é neta dos fundadores da empreiteira Andrade Gutiérrez, faz parte da mesma elite que dá as cartas na política nacional desde sempre – os ‘donos do Brasil’. Tem todas as credenciais para fazer esta jornada pelos bastidores do poder.”

No site de crítica de cinema Rotten Tomatoes, o filme de Petra Costa tem mais de 96% de aprovação de crítica e público. A estreia de Democracia em Vertigem foi no Festival de Sundance de 2019 e desde então ele vem acumulando indicações paa prêmios, como o Critics’ Choice Documentary Awards, Gotham Awards e IDA Documentary Awards.

Democracia em Vertigem vai disputar a estatueta com os documentários American Factory, The Cave, For Sama e Honeyland.

A cerimônia de premiação do Oscar 2020 acontece no dia 9 de fevereiro, no Dolby Theatre, em Hollywood (CA).