Flamengo perde na Argentina, mas promete revanche

A derrota do Rubro-negro carioca para o Independiente de Avellaneda foi absorvida pelos jogadores, que estão com sede de vingança

0
1527
Com gol de cabeça, Réver abriu o placar para o Mengão. Porém, o time tomou a virada e pretende reverter o placar no Rio
Com gol de cabeça, Réver abriu o placar para o Mengão. Porém, o time tomou a virada e pretende reverter o placar no Rio

DA REDAÇÃO – Flamengo voltou de Buenos Aires na madrugada de quinta-feira (7) e desembarcou no Aeroporto Internacional do Galeão por volta de 7 horas da manhã. Embora a desvantagem na final pelo da Sul-Americana na bagagem, a delegação rubro-negra demonstrou confiança em reverter a situação e conquistar o título na próxima quarta-feira.

“Está aberto. Claro que gera uma frustração, especialmente na gente, por ter saído na frente do placar e ter sofrido a virada. Poderíamos ter feito mais gols, não conseguimos e perdermos. Estamos vivos. Na quarta (13), sabemos que a torcida vai comparecer e apoiar. Contamos com isso para conquistar o título”, opinou o zagueiro Réver, autor do gol do clube carioca que abriu o placar em Avellaneda.

No entanto, o Flamengo perdeu para o Independiente por 2 a 1 na Argentina. Apesar da vantagem, o Rubro-Negro foi pressionado e não conseguiu segurar o resultado para ter a vantagem no Maracanã. O zagueiro, aliás, não viu problema na comemoração do adversário. “Acho normal. Eles ganharam o jogo. Caso a gente tivesse ganho, ira comemorar. A gente respeita eles, porém nada está definido. Na próxima quarta, a gente vai ver quem poderá comemorar mesmo”, concluiu o zagueirão.

Para ser campeão, o time comandado pelo técnico Reinaldo Rueda precisa vencer por dois gols de diferença – na final, não existe o critério do gol fora de casa como forma de desempate. Em caso de vitória rubro-negra pela vantagem mínima, a decisão vai para prorrogação. Caso a diferença persista, a decisão será nos pênaltis. Os argentinos conquistam o título com um empate.

Vale ainda lembrar que uma possível conquista do título pelo Flamengo mexeria com outras três equipes brasileiras. O Vasco da Gama, seu principal rival na cidade, integraria a Fase de Grupos da Copa Libertadores da América 2018 – ou seja, não precisaria disputar a repescagem -, o Atlético-MG assumiria a vaga deixada pelo Vasco e entraria na Repescagem da Libertadores, enquanto o Sport Club do Recife ganharia uma vaga para participar da Copa Sul-Americana 2018. No entanto, uma eventual conquista do Independiente não alteraria a classificação e o consolo do Flamengo seia entrar direto na Fase de Grupos da Libertadores.