Flórida é o segundo estado dos EUA que mais mata pedestres

Estudo mostra que distração ao volante, excesso de velocidade e falta de segurança e sinalização nas rodovias para pedestres são os principais fatores

0
537
Na Flórida, 3.420 pessoas foram mortas atropeladas entre 2016 e 2020 (Foto: Reprodução – Twitter)
Na Flórida, 3.420 pessoas foram mortas atropeladas entre 2016 e 2020 (Foto: Reprodução – Twitter)

Se você mora ou já esteve passeando pela Flórida sabe que não é nada seguro atravessar uma rua no Estado. Andar a pé pelas cidades do Sunshine State é um perigo agora comprovado por um estudo da Smart Growth America e National Complete Streets Coalition. A Flórida ocupa o segundo lugar entre os estados mais mortais para pedestres, com destaque para os condados de Miami-Dade, Broward e Volusia. O primeiro lugar ficou com o Novo México.

Entre as 100 regiões metropolitanas pesquisadas, a área que abrange Miami/Fort Lauderdale/Pompano Beach ocupa a 14ª posição no ranking onde pedestres são atropelados e mortos por motoristas. A situação fica ainda pior um pouco mais a Norte, em Daytona Beach/Deltona/Ormond Beach, que é considerado “perigosíssimo” para pedestres. O estudo mostra que em 2020, mesmo com menos pessoas e carros nas ruas devido à pandemia, 18 pessoas foram atropeladas e mortas por dia nos EUA. O total foi de 6.529 vítimas, número 62% mais alto que o registrado em 2009.

“Essas mortes podem ser prevenidas. Outros países enfrentam os mesmos problemas, como motoristas distraídos, excesso de velocidade, falta de sinalização, mas conseguem evitar essas mortes. Nos EUA, as rodovias são desenhadas para o carro e não para os pedestres”, afirma Calvin Gladney, CEO do Smart Growth America. Na Flórida, 3.420 pessoas foram mortas atropeladas entre 2016 e 2020.

O estudo sugere que haja mais sinalização para pedestres, mais calçadas, faixas de pedestres e passarelas para evitar essas mortes. (Com informações do Miami Herald)