Flórida inicia plano de distribuição da vacina contra a covid-19

Com uma provável vacina batendo à porta, estado começa a estabelecer logística de distribuição do medicamento e grupos prioritários para receber as primeiras doses

0
1249
A Pfizer também já fez esse pedido na semana passada, tanto nos EUA quanto no Reino Unido (foto: flickr)
Flórida é um dos estados que menos distribuiu a vacina nos EUA, segundo o NYT (foto: flickr)

À medida que a Food and Drug Administration (FDA) começa a agendar audiências para inspecionar a eficácia das vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca, Pfizer e Moderna, a Flórida começa a esboçar seu plano inicial de distribuição do medicamento.

Segundo um documento do Florida Health Department obtido pelo jornal Miami Herald, os funcionários da linha de frente da saúde seriam a prioridade, seguidos por trabalhadores essenciais, pessoas com problemas de saúde que os colocam em alto risco e adultos com 65 anos ou mais.

“Em seguida, iríamos para centros de cuidados de longo prazo e então para o resto de nós”, disse o Dr. Bindu Mayi, um especialista em doenças infecciosas da New Southeastern University.

O plano preliminar do estado acrescenta que uma estratégia de distribuição é usar “postos de vacinação drive-thru semelhantes aos estabelecidos para os testes”.

Fornecedores de vacinas tradicionais como consultórios médicos e farmácias só começariam a oferecer o remédio em uma segunda fase de distribuição.

“A vacina ainda não recebeu autorização de emergência,”, disse a Dra. Aileen Marty, especialista em doenças infecciosas da Florida International University. “É preciso vacinar a população com qualquer vacina para ter um efeito real na saúde pública”, completou.

O FDA agendou uma audiência para discutir o pedido da Pfizer para autorização de uso emergencial de sua vacina contra a covid-19 para o dia 10 de dezembro. As datas da audiência ainda não foram publicadas para Moderna e AstraZeneca.