Flórida não declarará estado de emergência por varíola de macacos, diz DeSantis

Governo Biden está considerando se deve declarar uma emergência de saúde pública nos EUA por varíola

0
1024
Esses são alguns dos sistemas da varíola de macacos no corpo humano (Foto: my.clevelandclinic.org)
Esses são alguns dos sistemas da varíola de macacos no corpo humano (Foto: my.clevelandclinic.org)

DA REDAÇÃO – O governador da Flórida, Ron DeSantis, disse na quarta-feira (3) que não declarará uma emergência de saúde pública devido ao surto de varíola, apesar de mais de 500 casos no estado. Ao mesmo tempo, o cirurgião geral do estado, Joseph Ladapo, lembrou ao público que a eficácia da vacina Jynneos que está sendo distribuída como proteção contra a varíola dos macacos permanece incerta.

Califórnia, Nova York e Illinois declararam estado de emergência devido ao surto de varíola de macacos que se espalha rapidamente. A declaração geralmente ajuda na logística e na coordenação entre os departamentos estaduais e locais que trabalham para responder à emergência.

Em uma coletiva de imprensa no condado de Brevard, DeSantis disse não acreditar que tal medida seja necessária, nem acha que os floridianos devem ter medo da varíola.

DeSantis disse que os estados que declaram emergências vão “abusar desses poderes de emergência para restringir sua liberdade”. Ele fez referência às medidas restritivas que alguns estados adotaram durante os primeiros dias da pandemia de covid-19. “Você tem que lidar com isso racionalmente e não usá-lo para ganho político”, disse ele.

O cirurgião geral da Flórida, Ladapo, também respondeu na quarta-feira à ideia de uma emergência de saúde pública por causa da varíola, observando que a vacina Jynneos que está sendo distribuída não teve muita avaliação.

A Flórida, o terceiro estado mais populoso, tem o quarto maior número de casos no país. O estado tem 525 casos conhecidos – 372 deles nos condados de Miami-Dade e Broward – e Ladapo disse ter certeza de que há muitos outros casos desconhecidos.

Ladapo disse que a Flórida recebeu cerca de 24.000 doses da vacina Jynneos do estoque nacional e distribuiu cerca de 8.500.

Um relatório do CDC mostra que a Flórida pediu e recebeu 36.800 doses até 27 de julho, embora o governo federal tenha alocado 109.283 doses para a Flórida. As vacinas Jynneos são uma série de duas doses administradas com quatro semanas de intervalo.

O governo Biden está considerando se deve declarar uma emergência de saúde pública nos EUA por varíola.

Isso ajudaria na alocação de recursos para as autoridades estaduais de saúde que estão lutando contra o surto e facilitaria o tratamento dos pacientes. Até quarta-feira, 6.326 casos de varíola dos macacos foram confirmados nos Estados Unidos.

A Organização Mundial da Saúde declarou a varíola dos macacos uma emergência de saúde global no mês passado. Mais de 25.000 casos de varíola dos macacos foram relatados em pelo menos 78 países, de acordo com OMS.