Fórmula 1 2017 vem cheia de novidades

0
2342

Antes de mais nada um pedido de desculpas. O colunista confundiu as datas e informou que a Fórmula 1 2017 começaria no último final de semana. Infelizmente, aquela informação estava incorreta. A principal categoria do automobilismo mundial abre sua temporada neste final de semana no circuito de Albert Park em Melbourne na Austrália. E cheia de novidades, com você poderão conferir aqui.

Carros mais rápidos: o objetivo do regulamento de 2017 era que os carros fossem 5s mais rápidos em relação a 2015 e, pelo menos nos testes de pré-temporada, isso foi até superado. Pela primeira vez na história moderna, a F-1 muda para que os carros gerem mais pressão aerodinâmica e fiquem mais rápidos. Para isso, as dimensões e formas das asas foram alteradas, além de uma maior tolerância aos apêndices aerodinâmicos. Visualmente, a primeira mudança que salta aos olhos é o retorno da chamada barbatana de tubarão.

Dança das cadeiras: além da Fórmula 1 não contar com seu atual campeão na pista pela primeira vez desde que Alain Prost não defendeu o título em 1994, com Nico Rosberg, que decidiu se aposentar, sendo substituído por Valtteri Bottas. Outros pilotos estão estreando ou mudaram de equipe: Lance Stroll é o novato da Williams e Stoffel Vandoorne (que entra no lugar de Jenson Button), da McLaren. Nico Hulkenberg trocou a Force India pela Renault e foi substituído por Esteban Ocon. Hulk ficou com o posto de Kevin Magnussen, que foi para a Haas. Pascal Wehrlein ficou com a vaga de Felipe Nasr – que ficou de fora do grid – na Sauber. Outro que também sobrou foi o mexicano Esteban Gutierrez

Novos donos: depois de cerca de 40 anos comandando a Fórmula 1, Bernie Ecclestone deixou de ser o manda-chuva da categoria após a venda para o grupo Liberty Media, dos Estados Unidos. Os novos comandantes optaram por separar função que era do octogenário entre Sean Bratches, ex-ESPN, que vai cuidar da parte administrativa, e Ross Brawn, que cuidará da parte técnica.

Pneus mais fortes: uma das fontes de queda nos tempos de volta são os pneus, que são 25% mais largos e, com isso, mais aderentes. A Pirelli também mudou seu composto, que agora dura por mais voltas. Assim, os pilotos poderão forçar mais e as corridas terão menos pit stops e os pneus deixarão de ser uma variável tão fundamental em comparação com os últimos anos.

Motores liberados: desde a introdução dos motores turbo V6 híbridos, a F-1 adotou uma série de restrições em relação ao desenvolvimento destas unidades ao longo da temporada. A partir deste ano, contudo, não há restrição no que pode ser alterado no projeto. O problema é que cada piloto tem direito à apenas quatro unidades de potência por ano antes de começar a sofrer punições. Até 2016, eram 5.

Novas cores: muitos torcedores da F-1 vinham pedindo um grid mais colorido, e não devem se decepcionar em 2017. A Toro Rosso agora será mais diferente da Red Bull, com mais prateado e um tom de azul diferente no carro, mas não radicalizou tanto quanto a McLaren, que retornou à cor tradicional dos anos 1960 e 1970 e será laranja e a Force India, com uma pintura rosa devido ao acordo com um patrocinador. A Sauber, por sua vez, perdeu o amarelo do patrocínio do Banco do Brasil e agora é azul e dourado.

Mais largadas: serão 20 corridas (o GP da Alemanha está fora), mas a temporada pode ter mais do que 20 largadas. Isso porque, entre as mudanças no regulamento esportivo, a mais importante é o fim das relargadas em movimento após provas iniciadas atrás do Safety Car, há condições de que a largada seja normal. Isso será feito, o que não estava previsto nas regras anteriormente. (Com informações do UOL).

Voltam Eliminatórias da Conmebol

Depois de quatro meses, as Eliminatórias da Conmebol voltam a ser disputadas agora em março. A situação é bem confortável para o Brasil que lidera as Eliminatórias da Conmebol para Copa do Mundo na Rússia no ano que vem. A Seleção Brasileira tem 27 pontos ganhos em 12 jogos e é seguida pelo Uruguai, com 23 pontos. Aliás, as duas seleções enfrentaram-se nesta quinta-feira (23) e um empate é bom resultado para ambos. Na terça-feira (28), o Brasil recebe o Paraguai no Itaquerão em São Paulo e pode até mesmo garantir sua classificação para Copa do Mundo, uma vez que quatro seleções sul-americanas se classificam diretamente para a competição. O quinto colocado da Conmebol disputa uma vaga na Copa do Mundo em repescagem contra o vencedor da chave da Oceania.

Outros jogos da Conmebol

Enquanto Brasil e Uruguai estão tranquilos, quatro seleções brigam para se classificar à Copa do Mundo: Equador e Chile têm 20 pontos; Argentina, 19 e Colômbia, 18. Paraguai com 15 e Peru com 14 pontos ainda sonham, mas suas chances são pequenas, enquanto Bolívia com 7 pontos e Venezuela com 5 pontos apenas cumprem tabela. Na quinta-feira (20), os outros jogos foram estes: Colômbia x Bolívia em Barranquilla; Paraguai x Equador em Assunção; Argentina x Chile em Buenos Aires, e Venezuela x Peru, em Maturín. Na terça-feira (20), Equador x Colômbia em Quito; Chile x Venezuela em Santiago; Bolívia x Argentina em La Paz, e Peru x Uruguai em Lima.

Palmeiras vence Mirassol e mantém 1º lugar

Com um time praticamente reserva, o Palmeiras confirmou sua boa fase e derrotou o Mirassol no Allianz Parque na quarta-feira (22) por 2 a 0, gols de Rafael Marques e Felipe Melo. Aliás, o primeiro gol de Felipe Melo com a camisa Alviverde foi um capítulo à parte. O volante aproveitou para comemorar bastante e inclusive imitou um pitbull, em referência ao apelido que lhe foi dado pela torcida palmeirense. Em pouco tempo no clube, ele conseguiu formar uma grande identificação com os torcedores e sente-se bem à vontade. Já classificado antecipadamente para a próxima fase, o técnico Eduardo Batista pôde colocar em ação jogadores que têm tido poucas oportunidades. Rafael Marques foi um dos que soube aproveitar a oportunidade e até mesmo anotou um gol em seu primeiro jogo oficial pelo clube em 2017. Também Roger Guedes e Michel Bastos confirmaram sua boa fase e tiveram boas atuações. O Verdão tem ainda mais dois jogos nesta fase de grupos: Audax no Allianz Parque e Ponte Preta em Campinas. A situação do Palmeiras é bastante tranquila e apenas o Corinthians pode tomar o 1º lugar na classificação geral, que garante ao clube o direito de decidir seus jogos em casa.

Santos vence e assume a ponta

A vitória do Santos sobre o São Bento por 2 a 0 na quarta-feira (22) em Sorocaba serviu para espantar a crise que circundava a Vila Belmiro após a derrota no clássico com o Palmeiras e também redimiu Vitor Bueno e Lucas Lima, ambos bastante criticados pelos torcedores santistas. Vitor Bueno, que perdeu um gol incrível na frente de Fernando Prass, foi o autor do primeiro gol e até chorou para extravasar sua indignação com as críticas. Lucas Lima, que ficou de fora da convocação de Tite para a Seleção Brasileira, anotou o segundo tento e mostrou um futebol de alto nível. Agora, o Santos assumiu a ponta do Grupo D, ao lado da Ponte Preta, e encerra sua participação na fase de grupos enfrentando Santo André no ABC e Novorizontino em casa.

São Paulo continua patinando no Paulistão

O São Paulo do técnico Rogério Ceni continua decepcionando sua torcida. Na quarta-feira (22), o Tricolor da capital ficou no empate com o Tricolor de Ribeirão Preto. O São Paulo fez um bom primeiro tempo e abriu o placar com Gilberto, substituto de Lucas Pratto, que está na Seleção Argentina. No entanto, na segunda etapa, Kauê empatou para o Botafogo. O resultado deixou o time do Morumbi em uma situação desconfortável no Grupo B, e corre até mesmo risco de não se classificar. Restam duas partidas para o São Paulo fechar esta fase de grupos: o clássico contra o Corinthians no Morumbi e São Bernardo no ABC.

Flamengo confirma boa fase e vence outra

O Flamengo contou com gols de Renê, Leandro Damião e Matheus Sávio no segundo tempo em Volta Redonda para vencer o Bangu por 3 a 0 na quarta-feira (22) e manter os 100% de aproveitamento na Taça Rio. De quebra, garantiu antecipadamente a classificação às semifinais do Campeonato Carioca. Líder do Grupo B, com nove pontos, o Fla já está garantido matematicamente na fase decisiva graças ao critério técnico: além do campeão da Taça Guanabara (Fluminense) e do campeão da Taça Rio (a ser definido), os dois times de melhor campanha no geral também estarão nas semifinais. O time volta a campo no domingo (26) para fazer o clássico com o Vasco, no Mané Garrincha, em Brasília (DF). Já o Bangu, que tem só um ponto no Grupo C, recebe o Botafogo no mesmo dia.

Milton Mendes assume Vasco da Gama e vence na estreia

Se não foi uma atuação para empolgar a torcida, pelo menos o técnico Milton Mendes estreou com uma vitória no comando do Vasco. Na quarta (22), a equipe venceu o Madureira por 1 a 0, em São Januário, e assumiu a liderança provisória do Grupo C da Taça Rio com cinco pontos. O autor do gol da vitória cruz-maltina foi justamente a principal novidade na escalação de Milton Mendes: Yago Pikachu. Atuando como meia, ele aproveitou uma falha da defesa e não falhou de frente para o goleiro.A vitória serve de combustível para o Vasco que, no próximo domingo, em Brasília, faz o clássico com o rival Flamengo. O Madureira, no sábado, vai até Moça Bonita para enfrentar a Portuguesa. Na classificação geral do Carioca, a equipe da Colina está em terceiro lugar com 14 pontos, e o Tricolor Suburbano está em sexto, com 11.