Furacão Matthew causa destruição no Haiti e segue para as Bahamas e EUA

Expectativa é que atinja a Costa Leste da Flórida na quinta-feira (6); ventos chegam a 145 mph

0
7424
Ruas alagadas em Port-au-Prince, Haiti
Ruas alagadas em Port-au-Prince, Haiti

O furacão Matthew atingiu o Haiti na manhã desta terça-feira (4) na categoria 4 – com alto poder de destruição – próximo a Les Anglais, no oeste do país. Às 8 da manhã desta terça-feira, o furacão estava se movimentando a 9 mph com ventos de 145 mph. Matthew está seguindo seu caminho para Cuba, Bahamas e é grande a possibilidade de atingir a Flórida nos próximos dias.

De acordo com National Hurricane Center, o sul da Flórida está dentro do cone do furacão, assim como Orlando e Jacksonville. “A Flórida deve presenciar fortes chuvas e ventos e é possível que o furacão chegue ao estado com categoria 3 e ventos de 120 mph”, disseram os meteorologistas.

Um alerta para furacões já foi emitido para a província de Guantanamo e Santiago de Cuba, Holguin, Granma and Las Tunas e para as Bahamas.

O governador Rick Scott declarou estado de emergência na Flórida. “O furacão Matthew é uma tempestade de categoria 4, que pode ser mortal, e deve ser levado a sério. Se o furacão impactar diretamente o estado, pode haver uma massiva destruição, como não se via desde que o furacão Andrew devastou o condado de Miami-Dade em 1992. Por isso, não podemos nos atrasar e devemos nos preparar desde já”, diz uma parte da nota divulgada pelo governador.

Possível trajetória do furacão Matthew
Possível trajetória do furacão Matthew

Destruição e mortes

As fortes chuvas que caem desde a madrugada no Haiti provocaram deslizamentos de terra em Anse Milieu, uma localidade no sul do país.

Em Jeremie, uma das localidades no sul mais afetadas até o momento, mais de 300 presos tiveram que ser transferidos. Em Porto Príncipe também são registrados fortes ventos e chuvas.

Na cidade costeira de Port Salut, um homem morreu quando uma onda devastou sua casa, segundo as autoridades, que acrescentaram que um pescador estava desaparecido.

Na República Dominicana, duas crianças morreram após o desabamento de sua casa na capital Santo Domingo, devido às fortes chuvas. A cidade se encontra em alerta máximo, assim como 15 das 32 províncias do país, que é vizinho do Haiti.

A chuvas começaram na madrugada desta segunda-feira. Matthew já desalojou 14.500 pessoas no país, segundo o Centro de Operações de Emergência (COE).

Guantánamo

A Marinha dos Estados Unidos desalojou 700 pessoas da base naval de Guantánamo, em Cuba, antes da iminente chegada de Matthew na região oriental da ilha. Os desalojados, esposas e filhos de militares da base, além de animais de estimação, foram transferidos durante o fim de semana para as instalações da Marinha em Pensacola (FL). Não está previsto a transferência dos 61 detentos que seguem na prisão de Guantánamo.