Garçom do Shooters é assassinado a tiros no trabalho em Fort Lauderdale

Amigos do jovem prestaram homenagens nesta quarta-feira; suspeito é ex-funcionário do restaurante e foi preso

0
2246
Funcionário foi assassinado a tiros no local de trabalho (Foto Reprodução NBC)

Funcionários do Shooters Waterfront localizado em frente à praia de Fort Lauderdale (FL) prestaram homenagens ao colega morto a tiros na terça-feira (15) dentro do restaurante.

Nesta quarta-feira (16), o restaurante ficou fechado e funcionários e amigos do jovem levaram flores e rezaram no local.

A vítima foi identificada como Jordan Siddiq, de 35 anos. Ele levou dois tiros e foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito do crime, Angel Candelaria, de 33 anos, foi preso logo após o assassinato e vai responder por homicídio em primeiro grau.

“Ele era muito mais que um garçom, ele era especial. Esse foi um crime bárbaro e sem o menor sentido”, disse um dos colegas de trabalho da vítima.

Segundo testemunhas, Siddiq tinha acabado de chegar ao restaurante para trabalhar por volta de 3:45 da tarde, quando começou uma discussão com o acusado, que atirou e matou o garçom. “Os dois conversaram por alguns minutos, quando o suspeito sacou a arma e atirou duas vezes”, diz a ocorrência policial.

O tiroteio provocou pânico e correria no restaurante. O suspeito foi preso no quinto andar do edifício onde funciona o Shooters. Ele era ex-funcionário do restaurante.