Gasolina na Flórida tem novo aumento e deve chegar a $5,00 o galão, segundo a AAA

Preço médio do galão de gasolina regular no estado chegou a $4,76 neste domingo; governador Ron DeSantis prometeu desonerar os combustíveis em outubro para aliviar o impacto nos bolsos dos motoristas

0
880
Preço da gasolina bate novo recorde (foto: Flickr)

O preço médio da gasolina regular na Flórida bateu outro recorde neste domingo atingindo $4,76 o galão. O novo valor supera em $0,65 centavos o recorde anterior de $4,11 estabelecido em julho de 2008. Analistas da American Automobile Association(AAA) avaliaram que, com esse ritmo de aumento, pode demorar apenas alguns dias para que chegue aos $5,00.  “O galão a $5,00 está se tornando uma possibilidade muito real neste verão. Não me surpreenderá se tivermos uma novo acréscimo já nesta segunda-feira”, disse Mark Jenkins, porta-voz da AAA, em um comunicado. 

A média nacional também subiu neste final de semana para $4,87 por galão, um aumento de $0,25 centavos em relação à semana passada.

Desde que o preço dos combustíveis disparou em todo o país, governos federal e estaduais tentaram algumas medidas para reduzir o impacto no bolso do consumidor. Na Flórida, o governador Ron DeSantis assinou uma lei que instituiu 10 temporadas de vendas de produtos isentos de impostos em 2022.  A data reservada para os combustíveis será entre 1º e 31 de outubro. Estima-se que a desoneração do imposto estadual reduzirá a média do galão em $0,25. 

Em abril, o presidente Joe Biden anunciou a liberação de um milhão de barris de petróleo por dia das reservas especiais e estratégicas dos EUA. A medida, segundo a Casa Branca, começa a ser executada em junho e terá duração de seis meses. Além disso, o governo americano tem pressionado a OPEP- Organização dos Países Produtores de Petróleo- para adicionar 648 mil barris na produção diária em julho e agosto, oferecendo algum alívio para uma economia global impactada pela invasão da Ucrânia pela Rússia