Gol suspende voos diretos para Orlando e para o Equador

A empresa também anunciou a redução de voos na rota São Paulo-Santiago a partir de abril

0
1029
A medida, segundo a empresa, se deve a remanejamento da frota (Foto: Leandro Ciuffo)
A medida, segundo a empresa, se deve a remanejamento da frota (Foto: Leandro Ciuffo)

DA REDAÇÃO – A Gol Linhas Aéreas anunciou na quarta-feira (19) que vai suspender temporariamente seus voos diretos de São Paulo para Quito (Equador) e de Fortaleza para Orlando a partir de 1 de abril.

A medida, segundo a empresa, se deve a remanejamento da frota. A comercialização das passagens já está suspensa nos canais de venda da companhia,

Segundo a Gol, a previsão é que a partir de 1º de julho as operações das três rotas se normalizem. A Gol também anunciou a redução de voos na rota São Paulo-Santiago (Chile). A partir de 1º de abril será apenas um voo diário, não mais dois com destino à capital chilena.

Os passageiros que foram afetados pelos cancelamentos serão reacomodados em outra companhia aérea ou podem solicitar a devolução do valor pago, de acordo com a empresa.

Oficialmente a Gol não confirma que a suspensão dos voos diretos para Orlando e Quito tenham relação com a proibição de voar do Boeing 737 Max, cujas rotas foram planejadas para serem operadas com este tipo de aeronave.

Os voos nestas duas rotas são feitos atualmente com modelos Boeing 737-800 NG, que precisam fazer paradas técnicas para reabastecimento. No caso da rota Fortaleza-Orlando a parada é feita em Punta Cana (República Dominicana).

A Gol é a única empresa brasileira a operar voos diretos para o Equador.