Governador da Flórida dá ordem para que todos fiquem em casa no Estado

Ron DeSantis informou que stay home order entra em vigor a partir de meia-noite desta quinta-feira (2) e tem o objetivo de conter a transmissão do coronavírus

0
2323
Trio de leis foram assinadas na terça-feira (21), em Fort Myers (foto: wikimedia)

Depois de ser muito criticado por não ter “fechado” a Flórida a exemplo de outros estados, como a Califórnia, New Jersey e New York, o governador Ron DeSantis anunciou em entrevista coletiva nesta quarta-feira (1) que todos devem ficar em casa a partir de meia-noite.

“Faz sentido que façamos isso neste momento”, disse o governador. A Flórida tem hoje 6.955 casos de contaminação pelo coronavírus e 87 mortes.

A decisão do governador vem algumas horas depois de especialistas da área de saúde dizerem que é necessário que todos os estados emitam o “stay at home order”, já que projeções apontam que mais de 200 mil pessoas podem morrer somente nos EUA da doença.

A Flórida era um dos 17 estados americanos (dos 50) que ainda não havia emitido a ordem.

O Sul da Flórida já estava sob essa ordem dada por governos locais para Miami-Dade, Broward e Palm Beach. As pessoas podem sair de casa para ir ao supermercado, postos de gasolina, bancos, farmácias, hospitais ou para trabalhar em locais considerados como prestadores de serviços essenciais.

Até o momento, Miami-Dade tem 2.202 casos da COVID-19 e sete pessoas morreram. O condado de Broward tem 1.232 casos registrados e 12 mortes. Palm Beach tem 567 casos e 16 mortes pelo coronavírus.

Veja lista do governo federal sobre o que pode e o que não pode ficar aberto durante o stay home order.