Governador do Texas envia ônibus com imigrantes indocumentados para Washington DC

Republicano afirma que está “entregando os indocumentados ao presidente Biden”

0
2389
Republicano Greg Abbott mandou ônibus fretados com imigrantes para D.C. (Foto Wikimedia)

O governador do Texas, Greg Abbott, enviou dezenas de imigrantes indocumentados para Washington D.C. em ônibus fretados pelo governo. Abbott disse a jornalistas que está “entregando os indocumentados ao presidente Biden”.

Abbott disse, ainda, que vai tomar uma série de medidas para evitar a entrada de imigrantes indocumentados no Texas. “Para ajudar as autoridades locais cujas comunidades estão sendo sobrecarregadas por milhares de imigrantes ilegais com a permissão do governo, o Texas está fornecendo ônibus fretados para enviar esses imigrantes ilegais que foram deixados pelo governo Biden para Washington, DC”, disse.

O republicano disse que essa atitude é uma resposta ao anúncio de que o governo Biden vai suspender as deportações sumárias na fronteira, a denominada Title 42.

A administração Biden disse que vai suspender a medida no dia 23 de maio. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA está finalizando sua avaliação da autoridade de saúde pública, de acordo com a porta-voz do CDC, Kathleen Conley, e deve anunciar uma decisão em breve sobre revogar, modificar ou estender a autoridade.

O governo alertou que os imigrantes não podem ser obrigados a entrar nesses ônibus fretados e “devem mostrar documentação do Departamento de Homeland Security para entrar em qualquer meio de transporte”.

“Qual o melhor lugar para eles irem do que a sede do governo americano? Eles vão poder apreciar as belezas da cidade e se aproximar de pessoas que estão criando essas políticas e permitindo que ilegais entrem pela fronteira”, ironizou o governador.

Inspeções de caminhões

Abbott ordenou a inspeção de todos os caminhões e carretas comerciais que passem pela fronteira dos EUA com o México. Isso está gerando filas de espera de mais de 30 horas.

Caminhoneiros que fazem essa travessia estão protestando contra a medida e pedem que o governador reveja essa ordem.

O governador alega que a medida tem o objetivo de encontrar drogas, traficantes de pessoas e imigrantes indocumentados escondidos em caminhões.