Imigração Manchete Notícias

A pedido de Biden, Suprema Corte vai analisar proposta que criminaliza incentivo à imigração ilegal

Medida já havia sido apresentada anteriormente, mas esbarrou na Primeira Emenda da Constituição, que trata da liberdade de expressão

Imigração ilegal caiu nos últimos anos FOTO News Max
Suprema Corte dos EUA vai avaliar a proposta do governo em junho de 2023

A Suprema Corte dos Estados Unidos aceitou avaliar uma proposta do presidente Joe Biden que torna crime o incentivo à imigração ilegal para os Estados Unidos. A medida já havia sido apresentada anteriormente, mas esbarrou na Primeira Emenda da Constituição americana, que trata da liberdade de expressão. 

Os magistrados concordaram em reabrir as discussões sobre o assunto após a administração do democrata culpar o Tribunal de Apelações do 9º Circuito dos EUA por invalidar uma parte importante da legislação que proíbe encorajar indivíduos a “vir, entrar ou residir” nos Estados Unidos de forma irregular.

Em 2020, o Tribunal de Apelações do 9º Circuito derrubou as acusações contra Helaman Hansen, um morador de Sacramento, cidade da California, que induziu mais de 400 estrangeiros a entrarem sem visto no país. Através da sua empresa, Hansen prometia a cidadania americana por meio de um programa de “adoção de adultos”.

Na época, ele foi condenado a 20 anos de cadeia, mas seus advogados entraram com recurso  no Tribunal de Apelações, derrubando a sentença condenatória com base na Primeira Emenda.

“Hansen cobrou até US$ 10.000 de cada indivíduo, embora “soubesse que as adoções de adultos que ele anunciava não levariam à cidadania americana”, disse uma fonte da Casa Branca ouvida pela agência Reuters.

A Suprema Corte vai avaliar o caso novamente em junho de 2023.

Baixe nosso aplicativo