Governo do México regulariza 1.500 imigrantes em caravana rumo à fronteira

Visto humanitário foi concedido a integrantes da caravana, na maioria da América Central, que agora têm autorização para trabalhar em território mexicano

0
614
Migrants join a caravan heading to Mexico City, in Huixtla, Mexico October 27, 2021. REUTERS:Daniel Becerril

Mais de 1.500 imigrantes que estavam caminhando desde meados de outubro rumo à fronteira do México com os Estados Unidos receberam vistos humanitários do governo mexicano. Isso significa que esses estrangeiros – na maioria originários da América Central – passam a ter autorização para trabalhar no México.

Segundo o National Migration Institute (INM), 1.574 pessoas receberam o documento e, com isso, devem desistir de ir para os EUA. O INM acredita que a maior parte vai aceitar o visto do governo mexicano.

A caravana começou com mais de 3 mil pessoas, que acabaram desistindo da caminhada no caminho. Homens, mulheres e muitas crianças enfrentaram chuva, frio, fome e outros perigos no trajeto.

A última parada do grupo foi no município de Jesus Carranza, perto à cidade de Oaxaca. (Com informações da Reuters)