Governo dos EUA está preocupado com a disseminação da poliomelite

Membros da alta cúpula da pasta da Saúde no governo Biden reuniões frequentes a fim de evitar uma epidemia da doença

0
451
Autoridades sanitárias federais e população de New York demonstram temor com possível escalada da poliomelite (Foto: wirk.com)
Autoridades sanitárias federais e população de New York demonstram temor com possível escalada da poliomelite (Foto: wirk.com)

Autoridades de Saúde do governo Biden estão demonstrando preocupações com o caso de poliomelite detectado em New York. Tanto que se reuniram várias vezes nas últimas semanas para determinar como aumentar as frequências de vacinações e melhorar o monitoramento, de acordo com dois destacados membros do governo.

As conversas ocorreram entre altos membros do Conselho de Segurança Nacional, da Casa Branca, dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

Os encontros de alto nível e o envolvimento de integrantes da segurança nacional revelam o temor das autoridades goverrnamentais sobre uma possível disseminação de um vírus potencialmente mortal que havia sido erradicado dos Estados Unidos há décadas.

No caso reportado de poliomelite em New York, foram encontradas amostras do vírus da poliomelite na rede de esgoto do estado, fazendo com que a governadora Kathy Hochul declarasse estado de emergência de saúde pública na semana passada.

A maioria das infecções causadas pelos vírus da poliomelite são assintomáticos, embora uma em 200 pessoas possam se tornar paralíticas, de acordo com o CDC. Apesar de apenas um caso ter sido reportado, as autoridades sanitárias estão alertas, porque as presenças frequentes do vírus sem sintomas ou com sintomas de uma gripe moderada pode ser mais prevalente do que os funcionários conseguem detectar.

“Isto pode colocar a população em situação de risco”, comentou um dos envolvidos nas conversações, acrescentando que qualquer resposta do governo pode ser frustrada se for incapaz de estabelecer a confiabilidade do trajeto percorrido pelo vírus.