Governo emite alerta para que americanos redobrem cuidados ao visitar as Bahamas

Departamento de Estado afirma que crimes como roubos e violência sexual estão sendo registrados nas ilhas

0
4090
Nassau, nas Bahamas, (Foto: Getty Images)
Nassau, nas Bahamas, (Foto: Getty Images)

 O Departamento de Estado dos EUA emitiu um alerta para os americanos que visitam – aos milhares – as ilhas das Bahamas todos os meses, um paraíso tropical cujos cruzeiros são super baratos comparados a outras localidades. O problema, entretanto, é a violência no local.

O alerta pede que os turistas americanos redobrem a atenção, já que aumentou o número de abusos sexuais a turistas, assaltos a mão armada, furtos, entre outros crimes, especialmente em Nassau.

O comunicado informa, ainda, que não há certificações de segurança para passeios de jet-ski, que podem ser uma aventura muito perigosa para os turistas. “Operadores de jet-ski também estão sendo acusados de abuso sexual contra turistas”, diz o alerta.

Como resultado, os funcionários do governo dos EUA não estão autorizados alugar jet-ski em New Providence e Paradise Islands. Para aqueles que visitam as ilhas, eles pedem muita cautela na área conhecida como Over the Hill e Fish Fry em Arawak Cay, em Nassau, especialmente à noite.

No total, três avisos de viagem foram emitidos pelos governos dos EUA e do Canadá no ano passado para as Bahamas. A Royal Caribbean também emitiu um alerta aos seus passageiros sobre o aumento do crime em Nassau no ano passado, mas recuou no comunicado alguns dias depois.

Entre os cuidados que devem ser tomados por turistas estão: não abra a porta do hotel, a não ser que você tenha certeza que seja um funcionário; não visite atrações à noite; fique atento às recomendações de segurança e tenha sempre mãos um plano de emergência.