Grupo Mulheres do Brasil

0
349

O Grupo Mulheres do Brasil conecta pessoas. Colocamos a serviço dos brasileiros a natureza feminina, que acolhe, cuida e faz acontecer. Se você tem vontade de se dedicar a um trabalho voluntário mas não sabe a quem ajudar aqui nos Estados Unidos, venha nos conhecer!

Liga empreendedora

O Comitê Empreendedorismo preparou  um treinamento completo e integrado sobre gestão, marketing e desenvolvimento, feito exclusivamente para mulheres brasileiras que empreendem nos Estados Unidos.

Nele você teremos 9 módulos com conteúdos quentíssimos em um passo a passo prático e detalhado para alavancar o negócio das empreendedoras aqui da Flórida!

Nossos encontros estão de volta!

Estamos voltando com os encontros presenciais! 

Venha conhecer mais dos nossos comitês e seus projetos, conversar com as líderes dos comitês e entender mais sobre a atuação do Grupo Mulheres do Brasil no Sul da Flórida.

O Portas-Abertas é uma reunião que acontece a cada 3 meses, no qual  literalmente abrimos nossas portas para receber mulheres interessadas em se engajar e participar dos nossos projetos sociais. Sem a ajuda de voluntárias como você, o nosso grupo não faz sentido. Contamos com sua presença!

Aula de inglês gratuita

Que tal melhorar o nível do seu inglês?

Nosso comitê Saúde, Educaçāo e Bem Estar está oferecendo aulas gratuitas para brasileiros residentes na Flórida. 

As aulas sāo AO VIVO às terças e quintas em 2 turnos: 9 a.m. ou 7 p.m.

Ficou interessada? 

Para se cadastrar entre em contato através do nosso Instagram @grupomulheresdobrasil.sulfl

No mês de outubro – Hospital Mount Sinai oferecerá mamografias por $50

Em celebraçāo ao Outubro Rosa, o hospital Mount Sinai fará mamografias ao custo de 50 dólares. 

O exame poderá ser realizado nas unidades Miami Beach, Hialeah e Aventura.

Agendamentos pelo telefone (305) 384-6078. 

Pílula Empreendedora: 4 coisas que não te falaram sobre networking

Sempre fui uma menina muito comunicativa. Conversava aqui, ali. Tagarela, não rs. Eu gostava era de comunicar o que eu via, optar sobre o que cabia em meu conhecimento. 

Quando cresci e entrei para o mercado de trabalho (isso já faz 23 anos, meu Deus!) levei essa habilidade comigo. Sabia que por meio dela seria mais fácil da fazer contatos, de me crescer profissionalmente. Porém, algumas coisas não me contaram no meio dessa minha trajetória e agora quero dividir com você. 

Não adianta apenas se comunicar bem

Existem soft skills que nascem com a gente e desenvolvemos ao longo do nosso processo profissional e pessoal, a comunicação, para mim, foi assim. Eu sabia me comunicar, mas se comunicar não foi o bastante para criar uma rede de contatos. Comunicar-se é a pontinha do iceberg. 

O “como” é o advérbio mais precioso na hora do networking

No momento em que você se comunica com alguém, troca cartões, celulares e planeja um produto juntos é importante saber que o caminho é o “como” fazer isso. E esse “como”, antes dessa troca, vem acompanhado de carisma, simpatia – aqui não estamos falando de condescendência – e de muito (muito mesmo, gente) conhecimento com quem você está falando. Eu sempre digo: não adianta você ir a um evento se você não conhecer o público que está ali. Esse é o seu “como” chegar lá, com as ferramentas que você tem. 

Networking é via de mão dupla

Não adianta você pegar o contato de alguém e só querer extrair algo desse contato, é necessário que você também conceda algo à sua rede. Networking se constrói a partir da troca. Essa é a essência! Você vai precisar dessa rede que você formou tanto quanto ela vai precisar de você. Para isso, vamos ao último aprendizado! 

Esteja atento às necessidades da sua rede de contatos

Uma rede de contato é fortalecida pelo conhecimento, comunicação e empatia que você tem pelo outro. Conhecer bem seus contatos e compreender a necessidade deles são razões para manter-se forte frente ao seu networking. Então, se abriu uma vaga na sua empresa que se encaixa perfeitamente a um contato seu, por que não compartilhar? Se você está com um projeto novo, por que não buscar parceria conjunta a um outro contato que possui o mesmo desafio que você? 

Fazer networking não é fácil, mantê-lo é mais difícil ainda. Mas, vai por mim, essas dicas vão mudar suas percepções e te preparar melhor na hora de fazer um novo contato. 

Gostou do artigo? Não esqueça de compartilhar e me contar o que achou. 

Roberta Omeltech, 
Sócia da Omeltech Deenvolvimento

Quer fazer parte do nosso grupo também?
Cadastre-se no nosso site: www.grupomulheresdobrasil.org.br
Siga-nos nas redes sociais: instagram.com/grupomulheresdobrasil.sulfl 

https://www.facebook.com/GrupoMulheresdoBrasil.SulFL