Harvard e MIT processam governo por exigir que alunos estrangeiros de cursos online deixem os EUA

As universidade buscam uma ordem de restrição temporária e uma liminar impedindo a aplicação da política.

0
1656
Alunos estrangeiros terão voltar aos seus países (foto:flickr)
Alunos estrangeiros terão voltar aos seus países (foto:flickr)

A Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) estão processando o Immigration and Customs Enforcement (ICE) por causa da nova política que força os estudantes estrangeiros a voltar aos seus países se os cursos em que estiverem matriculados forem 100% online. 

A iniciativa da Harvard e do MIT busca uma ordem de restrição temporária e uma liminar impedindo a aplicação da política. 

Os autos do processo encaminhado ao Tribunal Distrital de Boston constatam que “para muitos estudantes, retornar aos seus países de origem é impossível, impraticável, caro e / ou perigoso”.

“Parece que a ideia é pressionar as faculdades e universidades a abrirem suas salas de aula para instrução pessoal neste outono, sem levar em conta preocupações com a saúde e a segurança de estudantes, instrutores e outros”, disse ele presidente de Harvard, Larry Bacow, disse .Segundo ele, a política “caiu sem aviso prévio e sua crueldade foi superada apenas por sua imprudência”.

Segundo a Associated Press quase 400 mil estrangeiros receberam vistos de estudante nos 12 meses que terminaram em 30 de setembro.  Uma queda de mais de 40% em relação aos quatro anos anteriores.