Homeland Security aprova milhares de vistos temporários a haitianos e moradores da América Central

Haverá uma cota de 6.500 vistos H-2B para estrangeiros desses países em 2022

0
980
Vistos H-2B serão destinados a moradores do Haiti e América Central (Foto Rawpixel)

O Departamento de Homeland Security (DHS) anunciou na segunda-feira (20) que vai conceder milhares de vistos temporários de trabalho a cidadãos de Honduras, El Salvador, Guatemala e Haiti em 2022.

Os vistos fazem parte dos 20 mil H-2B que serão concedidos a mais no próximo ano para suprir a falta de mão de obra que hoje afeta os Estados Unidos. Do total de cerca de 80 mil vistos H-2B, o governo vai destinar 6.500 para os estrangeiros desses países.

O visto H-2B é destinado a trabalhadores estrangeiros não agrícolas de áreas diversas, tais como de turismo, hotelaria, restaurantes, indústria, pesca, entre outras áreas.

Esse visto pode ser usado por empregadores para a contratação de funcionários para: trabalho sazonal ou de caráter temporário, por exemplo, vagas nas quais o posto de trabalho está diretamente atrelado a um evento, colheita, estação do ano. O trabalho na pesca de mariscos e em estações de esqui em alta temporada são alguns exemplos.

O governo vai, ainda, autorizar haitianos a integrarem o programa de vistos H-2A, que é voltado para trabalhadores agrícolas.

“O visto H-2B é designado para ajudar empregadores nos Estados Unidos a preencher vagas temporárias para estrangeiros, sem prejudicar os trabalhadores americanos”, afirma o secretário do DHS, Alejandro Mayorkas. “Essa suplementação no número de vistos demonstra que o DHS está comprometido em garantir caminhos legais para que imigrantes possam trabalhar nos Estados Unidos, em especial, da América Central”, reforçou Mayorkas.