Homem é suspeito de matar namorada durante sessão de ‘sexo selvagem’

Crime aconteceu em Sunrise, no sul da Flórida; Fidel Lopez, 24, está preso em cadeia do Condado de Broward sem direito a fiança

0
1342

DA REDAÇÃO (com Local 10 News e CBS 4 Miami) – Um homem é suspeito de ter assassinado a namorada durante uma sessão do que, segundo ele descreveu à polícia, se tratou de “sexo selvagem”. Fidel Lopez, 24, de Sunrise (sul da Flórida), foi preso após policiais serem chamados para ir a sua casa na madrugada do domingo (20). Os oficiais foram à residência chamados pelo próprio suspeito, por volta das 3:30am.

Segundo seus relatos, ele e a namorada, Maria Nemeth, estavam consumindo bebidas alcoólicas quando iniciaram o sexo. Lopez teria então parado o ato ao ouvi-la pronunciando, por duas vezes, o nome do ex-marido. O suspeito, então, começou a quebrar itens e utensílios da residência. Maria neste momento teria começado a passar mal e caído desacordada.

(Atenção: o trecho a seguir faz parte do depoimento do suspeito e traz detalhes que podem chocar.)

Na sequência, Lopez passou a inserir objetos, como uma garrafa de cerveja e uma chapinha para cabelos, na vagina da mulher. A prática a partir daí evoluiu, e Lopez, que disse em certo momento ter se transformado “em um monstro”, passou a penetrar a mulher, que estava extremamente intoxicada pelo consumo de álcool, usando mão e braço.

De acordo com policiais, ele teria, então, inserido todo seu braço dentro da mulher -que a este ponto já estava inconsciente e puxado parte de suas vísceras, incluindo partes de seu intestino.

Ao perceber o que havia feito, o suspeito levou a vítima ao banheiro e tentou reanimá-la, mas a mulher já estava morta.

Lopez então lavou suas mãos, saiu da casa para fumar um cigarro e na volta entrou em pânico e tentou limpar a cena do crime. Sem sucesso, o homem decidiu chamar o 911 e se entregar.

Lopez está neste momento preso em uma cadeia do Condado de Broward sem direito a fiança.