Homenagem à italiana em BH

1095
Marta Ramos

Os descendentes de italianos formam uma grande e unida comunidade na capital de Minas Gerais. Belo Horizonte tem muitos restaurantes especializados na deliciosa comida peninsular e o melhor e mais bonito é o Província di Salerno, do meu grande amigo Remo Peluso, chef da alta gastronomia italiana e chefe de uma verdadeira legião de amigos.

Como sempre, seu aniversário em janeiro movimenta a sociedade com sua tradicional festa que lota o restaurante e com outras homenagens que recebe ao longo da semana.

Uma delas, foi o coquetel que ofereci para ele com muito prazer, reunindo em minha casa os cônsules da Argentina Ricardo e Monica Massot, da Itália Dario e Irene Savarese,da Alemanha Victor Sterzik e Viviane Cunha, e o cônsul de Mianmar Ricardo e Tuza Cury que vieram de São Paulo onde moram, e mais outros amigos que temos em comum.

A noite de verão estava fresca por causa dos chuviscos caídos naquela tarde e leves ares diplomáticos combinados com excelentes papos também diplomáticos, dominaram o ambiente, alegrado pelo som do pianista Igor Putinoff. Foi uma noite muito agradável, arrematada por um bobó de camarão, servido depois da variedade de canapés e salgados finos.  Ano que vem tem mais.