Imigração volta a aplicar versão antiga de testes de cidadania a partir de 1 de março

Decisão foi anunciada nesta segunda-feira (22) pelo USCIS, que invalida mudanças aprovadas por Trump em dezembro de 2020

0
2002
USCIS anuncia mudanças nas questões cívicas do teste (Foto: REUTERS/Mike Blake)
USCIS anuncia mudanças nas questões cívicas do teste (Foto: REUTERS/Mike Blake)

O U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS) anunciou nesta segunda-feira (22) que vai voltar a aplicar a versão de 2008 dos testes para obtenção da cidadania americana. A decisão reverte uma decisão do governo anterior, que desde 1 de dezembro, havia deixado os testes mais longos e complicados.

A partir do dia 1 de março, os solicitantes terão que responder corretamente seis questões de um total de dez. A versão de 2020 previa que o candidato à cidadania acertasse pelo menos 12 questões de um total de 20.

Segundo o USCIS, quem deu entrada na cidadania americana entre 1 de dezembro de 2020 e 28 de fevereiro de 2021 terá a opção de fazer a versão de 2008.

“O teste de 2008 foi desenvolvido ao longo de vários anos com a contribuição de mais de 150 organizações, que incluem especialistas em inglês como segundo idioma, educadores e historiadores, e foi amplamente testado antes da sua implementação”, afirma o USCIS em nota.

O USCIS reforça que pretende tornar o processo mais acessível, conforme orientação do presidente Joe Biden, que determinou que todo o processo fosse revisado.

Ser aprovado nesta prova–em inglês e de conhecimentos sobre a história dos EUA–é fundamental para que o imigrante obtenha o passaporte americano.