Itamaraty confirma falecimento de diplomata brasileira ocorrido em Chicago

Cynthia Altoé Vargas Bugané exercia o cargo de cônsul-adjunta no Consulado Geral do Brasil em Chicago

0
5709
Cynthia Bugané foi encontrada morta em Chicago (Foto Arquivo Pessoal)
Cynthia Bugané foi encontrada morta em Chicago (Foto Arquivo Pessoal)

A diplomata brasileira Cynthia Altoé Vargas Bugané, de 53 anos, foi encontrada morta em uma calçada próxima à sua residência em Chicago (IL), na manhã de sábado (27). O Itamaraty confirmou a morte de Cynthia sem fornecer maiores detalhes.

“O Ministério das Relações Exteriores informa, com grande pesar, o falecimento da diplomata Cynthia Altoé Vargas Bugané, ocorrido na cidade de Chicago. A ministra Cynthia Bugané, de 53 anos, exercia a função de cônsul-geral adjunta no Consulado-Geral do Brasil em Chicago. Aos familiares e aos amigos da diplomata, o Ministro Ernesto Araújo e sua esposa Maria Eduarda, em nome de toda a Casa, estendem suas profundas condolências e solidariedade”, diz a nota.

Segundo o jornal Chicago Suntimes, a polícia foi chamada por volta das 9:30am do sábado na North Wabash Avenue e encontrou o corpo de Cynthia na calçada. O caso está sendo tratado como suicídio e um inquérito foi aberto para investigar a morte.