Jeff Bezos deixa cargo de CEO da Amazon e Andy Jassy entra em cena

A movimentação na diretoria da Amazon coloca Jeff Bezos mais distante em relação às decisões do dia a dia que envolvem a administração da empresa

0
374
Após 27 anos Bezos se concentrar em novos produtos e outras iniciativas (Foto: Flickr)
Após 27 anos Bezos se concentrar em novos produtos e outras iniciativas (Foto: Flickr)

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, anunciou, nesta terça-feira (02), que está deixando o cargo de CEO da empresa. Com a mudança, que se efetivará no terceiro trimestre deste ano, Andy Jassy, que chefiava a Amazon Web Services (AWS), passa a ocupar a direção da companhia, enquanto Bezos assumirá a presidência executiva do Conselho.

A movimentação na diretoria da Amazon, na prática, coloca Jeff Bezos mais distante em relação às decisões do dia a dia que envolvem a administração da empresa.

Em uma carta aos funcionários, Bezos explica que, após 27 anos, pretende concentrar suas energias e atenção em novos produtos e outras iniciativas, o que envolve os fundos filantrópicos Day 1 e Bezos Earth, a empresa espacial Blue Origin e o Washington Post. O bilionário foi o primeiro a ultrapassar a marca dos $200 bilhões no mundo.

“Andy é bem conhecido dentro da empresa e está na Amazon há quase tanto tempo quanto eu. Ele será um líder notável e tem toda a minha confiança”, afirmou Bezos.

Antes de ocupar a chefia do setor, ele ficou 18 meses como “assistente técnico” de Bezos, participando de todas as suas reuniões. Os primeiros engenheiros da AWS descrevem Jassy como “um gerente extraordinariamente focado em detalhes com uma memória fotográfica e uma tendência para fazer perguntas técnicas difíceis e perspicazes”, de acordo com um artigo da CRN.

“A Amazon não poderia estar mais bem posicionada para o futuro”, afirmou Bezos em sua carta. De acordo com ele, há novos planos por vir que “continuarão a surpreender.”