Jogador da NFL é preso em Deerfield Beach por expor as partes íntimas em área escolar

Malik McDowell, titular do Cleveland Browns, também responde por agressão ao policial que tentou realizar sua prisão; ele está detido na cadeia de Broward onde aguarda julgamento sem direito a fiança

0
1382
Malik McDowell, foto: BSO

O jogador de futebol americano Malik McDowell foi preso nesta segunda-feira (16), após ser flagrado nas redondezas de uma escola em Deerfield Beach (FL), com as partes íntimas expostas. McDowell, de 25 anos, é titular do Cleveland Browns, que disputa a National Football League (NFL). Os policiais do Broward County Sheriff’s Office foram chamados por pessoas que estavam no local. De acordo com o relatório obtido pelo jornal Sun Sentinel, as denúncias davam conta de um homem nu caminhando na área escolar. Ao chegarem ao local, os agentes tentaram algemar o jogador que atacou um dos policiais e conseguiu fugir, sendo capturado momentos depois.

Ele foi detido e enfrenta acusações por exposição pública de órgãos sexuais, resistência à prisão e agressão agravada contra um policial.  Ele teve fiança negada e será mantido preso enquanto aguarda audiência com um juiz. 

McDowell  já foi preso outras duas vezes em 2017, uma vez por dirigir sob influência de álcool (DUI) em setembro, em Michigan, e novamente por comportamento desordeiro, em Atlanta. Em fevereiro de 2019, ele foi novamente enquadrado pelas autoridades por dirigir um veículo roubado e resistir à prisão com violência. A NFL suspendeu o jogador que passou 11 meses na cadeia. Em maio de 2020, ele foi reinserido no futebol profissional ao assinar contrato com o Cleveland Browns. McDowell foi titular em 14 dos 15 jogos em que atuou durante a temporada de 2021 da NFL. Sobre a prisão desta segunda-feira na Flórida, o Cleveland Browns comunicou: “Estamos cientes do incidente muito preocupante e da prisão envolvendo Malik McDowell e estamos reunindo mais informações”.