Jovem da Flórida que ameaçou escolas do Colorado é encontrada morta pela polícia

Dezenove distritos escolares foram fechados devido à ameaça da estudante; ela foi achada com um tiro na cabeça

0
2838
Sol Pais foi encontrada morta em Denver, Colorado FOTO Divulgação FBI
Sol Pais foi encontrada morta em Denver, Colorado FOTO Divulgação FBI

Uma adolescente de 18 anos – cujas ameaças resultaram no fechamento de 19 distritos escolares no Colorado – foi encontrada morta em aparente suicídio com um tiro na cabeça nesta quarta-feira (17).

Sol Pais, moradora de Surfiside (FL), estava sendo investigada por autoridades do FBI por ser aficionada pelo tiroteio que matou 13 pessoas no dia 20 de abril de 1999 na Columbine High School, no Colorado. Sol viajou para o Estado palco do massacre e por essa razão estava sendo monitorada de perto.

Ela teria feito ameaças “críveis”, mas não específicas, segundo a polícia, quando pegou o voo de Miami para Denver (CO) na noite de segunda-feira (15).

O FBI informou que a jovem, assim que chegou ao Colorado, comprou armas e munição. Ela passou a ser considerada uma ameaça para as escolas, que foram fechadas por precaução.

A polícia da Flórida contou com a ajuda da família da jovem para obter informações sobre as intenções da jovem. “Esta família contribuiu muito para as investigações desde o início. Eles lamentaram a perda, mas disseram que estão agradecidos porque ninguém mais ficou ferido”, disse o chefe da polícia de Surfside, Julio Yero. Os familiares acreditam que ela estava com problema mentais.