Juiz concede asilo a cubano que entrou clandestinamente em voo para os EUA

Yunier Duarte trabalhava no aeroporto de Havana como despachante de malas e estava escondido em um voo de carga para Miami

0
984
Imigrante cubano se escondeu em voo de Havana para Miami (Foto Reprodução - Twitter)

Um juiz de imigração garantiu ao cubano Yunier García Duarte, de 26 anos, asilo político nos Estados Unidos. Segundo as autoridades, Yunier, que trabalhava no aeroporto de Havana como despachante de malas, se escondeu no voo de carga 704 de Havana para Miami no dia 16 de agosto.

O cubano foi encontrado por um funcionário do Miami Internacional Airport que estava retirando as bagagens do avião. Ele foi preso e levado para o Krome Detention Center em Miami-Dade.

“Essa é uma grande vitória do meu cliente e também do sistema Judiciário, que pode tomar decisões mesmo contra a vontade do governo”, disse o advogado de Yunier, Willy Allen. Ele vai solicitar a imediata soltura do cubano.

O imigrante disse que a família não sabia que ele tinha intenção de viajar para os EUA de forma clandestina. “Eu arrisquei minha vida, espero que eles me recebem aqui. Se eu for deportado, serei torturado em Cuba”, disse o cubano. (Com informações do Local10News)