Justiça manda soltar Lula

O juiz Danilo Pereira Jr., da 12ª Vara Federal de Curitiba, emitiu ordem de soltura nesta sexta-feira depois da decisão do STF sobre condenados em segunda instância

0
791
Ex-presidente está preso desde abril de 2018 (Agência Brasil)
Ex-presidente Lula (Agência Brasil)

A Justiça brasileira autorizou a soltura do ex-presidente Lula. A decisão vem um dia após o STF decidir derrubar a prisão de condenados em segunda instância. O juiz Danilo Pereira Júnior determinou a liberdade do ex-presidente, que pode ser solto a qualquer momento da carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

Danilo Pereira Jr. escreveu na sua ordem que “em face das situações já verificadas no curso do processo [determino] que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública.”

“A decisão do STF confirma o que sempre dissemos que não havia a possibilidade de execução da pena”, comentou o advogado de Lula, Cristiano Martins.

O ex-presidente está preso desde abril de 2018, depois de ser condenado a 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. Há poucos meses, Lula teve o seu tempo de prisão reduzido pelo Tribunal Superior de Justiça para oito anos e dez meses.

ATUALIZAÇÃO: O ex-presidente Lula da Silva foi solto na tarde desta sexta-feira (8) e já está em liberdade.