Leitos de UTIs se esgotam no sul da Flórida à medida que a COVID-19 enche os hospitais

Governador anunciou reforço de profissionais e envio de novos leitos à rede hospitalar de Miami

0
952
Hospitais de Broward e Palm Beach ainda mantêm uma margem de segurança (Foto: Wikimedia Commons)
Hospitais de Broward e Palm Beach ainda mantêm uma margem de segurança (Foto: Wikimedia Commons)

O Memorial Hospital West, em Pembroke Pines, reportou que apenas dois dos 40 leitos de UTI estão disponíveis. Em Miramar, não há mais leitos. No Broward Health North, em Deerfield Beach, apenas uma das 32 macas estava disponível nesta terca-feira, e no Hospital Batista de Miami apenas seis leitos de 88 estão liberados.

Estes dados e vários outros relativos à leitos de UTI em todo o Estado foram apresentados pelo Florida Agency for Healthcare Administration (AHCA).  Os números retratam a ocupação por pacientes de todas as situações, inclusive por Covid-19.

Entretanto, especialistas e autoridades públicas de saúde concordam que o crescimento no número de doentes por coronavírus é o maior problema das administrações hospitalares estadual. 

A presidente do Departamento de Epidemiologia da Universidade Internacional da Flórida, Dra. Mary Jo Trepka,  avalia que os números de pacientes da Covid-19 continuarão altos nas próximas semanas, e as UTIs cada vez mais sobrecarregadas.

 “Acho que veremos mais e mais hospitalizações “, disse ao jornal Sun-Sentinel. Além da escassez de macas nos Centros Intensivos, ela chama a atenção para outro problema: a carência de profissionais habilitados para tratar desses pacientes.

O Jackson Memorial Hospital, maior instituição hospitalar sem fins lucrativos da região, viu seu  percentual de leitos para terapia intensiva cair  para 9% nesta terça-feira (7). O hospital parou de executar procedimentos não urgentes para liberar espaço.

A situação forçou o governador Ron DeSantis a agir rápido no socorro a instituição. DeSantis anunciou o envio de 100 enfermeiras e outras equipes médicas para ajudar o sistema hospitalar de Miami a lidar com o aumento de casos de coronavírus, alem de  47 camas adicionais.

Embora individualmente as UTIs nos hospitais de Broward e Palm Beach estejam se esgotando, os condados informaram que ainda mantêm uma margem de segurança quando considerada toda a rede hospitalar. Dos condados. Broward tem 15% dos leitos disponíveis, e Palm Beach, 24%.