Livro aborda intuição como ferramenta para realização pessoal e profissional

Escritor brasileiro, autor de best-sellers, lança livro “Intuição - A Terceira Mente” em português e inglês

0
2932
O escritor Luciano Bivar
O escritor Luciano Bivar

Por definição, a intuição é a faculdade ou ato de perceber, discernir ou pressentir coisas, independentemente de raciocínio ou de análise da mente. Muitas vezes, não sabemos identifica-la ou utilizá-la e o livro “Intuição – A Terceira Mente”, o autor Luciano Bivar dá uma luz acerca do tema. “Nosso dia-dia é uma constante bifurcação de escolhas: desde os casos mais simples como a roupa que devemos usar para esse ou aquele acontecimento social, até se devemos casar ou não casar; sair do País que moramos ou permanecer no mesmo lugar; mudar de emprego ou viver como um ermitão. Enfim, são tantas cobranças do nosso intelecto, que nos transformamos numa verdadeira fábrica de pensamentos”, disse Bivar que afirma que o livro observa e apresenta os fenômenos cognitivos da mente. Ele afirma que não se tratam de informações esotéricas, nem vindas do além, mas de sensações reais que muitas vezes, se manifestam de forma visceral do nosso organismo. Confira abaixo a entrevista do autor pernambucano.

Livro Intuição de Luciano Bivar
Livro Intuição de Luciano Bivar

AcheiUSA – A intuição é um tema bastante amplo – De que forma ele é abordado no livro?

Luciano Bivar – É uma nova tese que nós tratamos. O livro é uma visão jamais abordada sobre o cérebro humano, e as reações de nossas mentes no dia a dia de cada um. Ele nasce de uma busca incessante de todos nós pelo por que de nossas emoções, de nosso estado de espírito. Trata de maneira pela qual possamos administrar nossa cabeça, para que tudo se torne mais colorido. Ę tudo isso decorre de uma terceira mente, que identificamos como Mente Intuitiva. Tenho certeza de que o leitor após ler o livro, terá o sentimento da existência dessa terceira mente, que tratamos no livro.

AU – De que forma o leitor poderia usar a intuição como “arma”?

LB – Primeiro, independentemente das pesquisas histórico-científicas, o livro contém exemplos do cotidiano do autor, e que muito se assemelha as experiências de todos nós.

O investidor bilionário George Soros conta-nos que seu corpo lhe envia sinais de alerta sempre que ele está prestes a tomar decisões, possivelmente equivocadas: “quando percebo o princípio de uma dor aguda, considero como sinal de que algo está errado no meu portfólio de investimento. A dor nas costas não me diz exatamente o que está errado, mas me faz procurar imediatamente por algum problema, quando normalmente não faria isso”. Observar esses sinais, é uma forma importante de fortalecer e alimentar nossa intuição, é o exercício da terceira mente. É viver uma vida que possamos fazer uso da sabedoria dela, torna-se uma maneira-chave de crescer, no trabalho e na vida.

AU – O senhor é autor de outros livros com temas diversos, por que a intuição nesta nova publicação?

LB – Escrever um livro, é como o milagre da vida: fecundado o óvulo a gestação é inevitável. As incertezas de nossa existência são tão grandes, que mesmo Voltaire entende que, por baixo da substância desconhecida, sempre há algo que jamais descobriremos. Essa constatação fez com que navegasse nesse novo tema de minha vida literária, pela magia que ele desperta e não deixa de nos fascinar. Diante dessa longa viagem de dois anos de pesquisas e aprendizado de toda uma vida, é que elegemos esse tema tão intrigante, quanto real, no cotidiano do nosso ser.

AU – Qual a sua história com os EUA?

LB – Minha relação é mais de admiração do que negócios. Sua cultura cartesiana sem ser imperativa, o respeito para ser respeitado, e onde suas Instituições funcionam independente de seus políticos imediatistas. No mundo de negócios, fiz e tenho alguns investimentos, mas nada considerável que faça transferir meu domicílio fiscal para América.

Com relação a atenção do público americano, primeiro trata-se de um tema novo. Não encontramos nos filósofos clássicos, cientistas cognitivos, psicólogos ou psicanalistas nada que se aproxime do que delimito como percepção intelectiva de uma terceira mente, exclusiva e independente.

Talvez diante um tema comum, trazemos algo verdadeiramente inédito. É isso certamente, que despertará a curiosidade não somente do público americano, mas de todos interessados da área.

Para comprar o livro basta acessar a Amazon.com. No Brasil, o livro foi o mais vendido por um certo tempo e está disponível nas principais livrarias. Para contato com o autor o email é lucianobivar@uol.com.br.