Mais de 450 pessoas envolvidas no ataque ao Capitólio já foram presas pelo FBI

Órgão da polícia federal americana diz que no total cerca de 2 mil pessoas podem ser presas por participarem da invasão do Congresso em janeiro

0
802
Milhares de apoiadores do ex-presidente Trump invadiram o prédio do Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, durante a sessão do dia 6 de janeiro que certificava a vitória do presidente Joe Biden nas eleições de 2020 (REUTERS/Shannon Stapleton/File Photo)

Quase seis meses depois que uma multidão de apoiadores do ex-presidente Donald Trump invadiram o Capitólio, em Washington D.C., na tentativa de suspender a sessão do Congresso que certificava a vitória de Joe Biden nas eleições, mais de 450 pessoas em quase todos os 50 estados já foram presas pelo Federal Bureau of Investigation (FBI) em conexão com o ataque.

Cerca de 300 outras pessoas listadas no site do FBI ainda estão sendo procuradas pelos agentes federais. No total, cerca de 800 pessoas envolvidas no ataque ao Capitólio estão sendo procuradas ou processadas. Mas, na semana passada o FBI declarou ao Congresso que o número de pessoas envolvidas na invasão do Capitólio no dia 6 de janeiro poderia chegar a 2 mil.

O governo Biden está pedindo mais recursos para o orçamento do departamento (ministério) de Justiça para combater o que a sub-secretária de Justiça, Lisa Monaco, chamou de “crescente ameaça de terrorismo doméstico.” O total pedido pelo departamento passa de $1.6 bilhão, a serem distribuídos entre o FBI e o U.S. Marshalls e outros departamentos, que serão usados para contratação e treinamento de agentes para unidades de Operações Especiais. Essas unidades ficarão responsáveis pelas “ações contra milícias e grupos anti-governo”.