Massachusetts veta qualquer possibilidade de carteira de motorista para indocumentados

Projeto que bloqueia a carteira de motorista para indocumentados já foi aprovado pela Câmara, por 125 votos favoráveis, e no Senado em uma votação oral

0
12335
Charlie Baker diz nao a carteira de motorista para indocumentados
Charlie Baker diz nao a carteira de motorista para indocumentados

Da Redação – O governador de Massachusetts, Charlie Baker, já avisou que irá assinar o projeto de lei que impede que imigrantes indocumentados obtenham uma carteira de motorista. Um outro projeto apresentado por Democratas estava em discussão, desde o início do ano, com objetivo de permitir que esses imigrantes obtivessem o documento. Mas o governador foi enfático.

“Vou assinar esta iniciativa bipartidária que torna possível o estado cumprir as normas federais, com a garantia de que as licenças para dirigir só serão liberadas para quem estiver vivendo legalmente no país”, disse o Chefe do Executivo.

A Massachusetts Immigrant and Refugee Advocacy (MIRA) informou, em nota, que a alteração foi desnecessária, “uma vez que Massachusetts já barra a liberação da carteira de motorista a indocumentados”. Membros desta entidade afirmam que a mudança só vai tornar mais difícil para os cidadãos americanos que terão que provar seus status legal, com certidões de nascimento, passaportes ou documentos de naturalização.

A entidade ainda informou que “apelou ao governador alegando que a medida é errônea, anti-imigrante e causará medo na comunidade”.

Baker garantiu que iria excluir qualquer possibilidade de imigrantes sem documentos ter o direito de uma carteira no futuro. “Nenhuma licença de qualquer tipo pode ser emitida para qualquer pessoa que não tenha presença legal nos Estados Unidos”, reforçou.

A Câmara dos Deputados informou que antes da votação, vários Democratas se manifestaram contra a alteração proposta por Baker, chamando-a de desnecessária e potencialmente prejudicial para as pessoas idosas ou que nunca antes tiveram uma carteira de motorista de Massachusetts e que agora podem ter dificuldade para produzir a documentação necessária.