McDonald’s tenta atrair adolescentes para ocupar vagas abertas

Rede de fast food mira no público juvenil para combater escassez de mão de obra

0
1235
McDonald's em Medford, no Oregon (foto: HotLunchPam/Reddit)

Em meio à escassez de trabalhadores, uma unidade do McDonald’s em Medford, no Oregon, está convocando adolescentes de 14 e 15 anos para se candidatar a uma vaga de emprego no restaurante.

A decisão ocorre em um momento em que redes de fast food e outros estabelecimentos enfrentam dificuldades para preencher milhares de vagas disponíveis pelo país.

A gerente do restaurante em Medford, Heather Kennedy, disse ao site Business Insider que a falta de pessoal é “inédita” nos 40 anos que ela administra a franquia. “Isso é realmente novo pra mim”, declarou.

Recentemente, o McDonald’s anunciou aumento do valor pago pela hora trabalhada para $15, além da ampliação de alguns benefícios, mas, mesmo assim, não apareceram muitos interessados.

A estratégia de atrair o público juvenil, entretanto, tem dado certo para Kennedy. Ela falou que recebeu mais de 25 novas inscrições em uma semana e já concluiu algumas contratações. “Eles têm  motivação e ética de trabalho, entendem de tecnologia e aprendem muito rápido”, elogiou a gerente.

A estratégia de mirar nos mais jovens para preencher vagas desocupadas já vinha sendo testada por outros negócios como o Burger King.

Em maio, uma loja do Burger King em Ohio chamou a atenção ao mandar um recado direto aos pais dos adolescentes “Você tem filho de 14 ou 15 anos? Ele precisa de um emprego? Vamos contratá-lo!” 

No Texas, a rede  Layne’s Chicken Fingers está treinando funcionários com idade a partir de 20 anos para ocupar cargos de gerência que chegam a pagar mais de $50 mil anuais. “Preciso de um ou dois anos para torná-los experientes”, disse Reed ao The Wall Street Journal.

A determinação das leis trabalhistas sobre contratação de menores nos EUA varia em cada estado. Em geral a partir de 14 e 15 anos, os jovens podem trabalhar em restaurantes e empresas fast food, com um número de horas e turnos de trabalho especificados por lei.