Médico conselheiro da Casa Branca afirma que vacina contra o coronavírus deve estar disponível no início de 2021

Anthony Fauci disse que “milhões de doses” da vacina devem começar a ser distribuídas no começo do ano que vem

0
1208
Anthony Fauci está otimista com relação à vacina contra o coronavírus (Foto Reprodução CNN)

O médico conselheiro da Casa Branca, Anthony Fauci, diretor do National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID), disse em entrevista que os Estados Unidos devem produzir “100 milhões de doses contra a Covid-19 no início de 2021”.

“Então, no início de 2021, esperamos ter algumas centenas de milhões de doses”, disse Fauci, durante entrevista ao vivo no Journal of the American Medical Association.

O diretor afirmou que a primeira vacina candidata deve entrar em fase final de testes em voluntários, conhecida como fase III, em julho.

“Estou cautelosamente otimista de que, com os vários candidatos que temos com plataformas diferentes, teremos uma vacina viável”, disse Fauci. Ele está otimista, disse ele, porque, embora o número de mortes por Covid-19 seja “profundo”, grande parte das pessoas se recuperou da doença. A recuperação mostra que há uma resposta imune que pode eliminar o vírus.

A fase III envolverá cerca de 30.000 pessoas. A vacina será testada em pacientes entre 18 e 55 anos de idade, bem como em idosos e em pessoas com condições de saúde subjacentes. “Será todo o espectro”, disse Fauci.

O plano é fabricar doses da vacina antes mesmo de ficar claro se as vacinas funcionam, fazendo cerca de 100 milhões de doses até novembro ou dezembro, disse Fauci. É assim que, se funcionar, pode ser implantado rapidamente, diz o diretor. (Com informações da CNN)