Menina desaparecida em 2019 em New York é encontrada em porão na casa do avô

Paislee Shultis, agora com seis anos de idade, foi sequestrada pelo pais biológicos após eles perderem a guarda da criança; o avô era cúmplice no sequestro

0
4270
Paislee Shultis, sequestrada em 2019, foi encontrada viva (foto: NYSD)

Uma menina de quatro anos de idade que  desapareceu em Cayuga Heights, no condado de Tompkins, New York, em 2019, foi encontrada viva pela polícia nesta segunda-feira (14). De acordo com os investigadores, Paislee Shultis, agora com 6 anos, foi sequestrada pelos próprios pais após eles terem perdido a custódia da menor. Os motivos para a perda da guarda não foram esclarecidos.

Shultis foi achada em um porão que ficava debaixo de uma escadaria na casa do avô paterno em Saugerties (NY). Os detetivos chegaram ao local após receberem uma denúncia anônima. Erik Thiele, um dos responsáveis pelo caso, percebeu que, dentro da residência, havia “algo estranho”. Eles começaram a vasculhar uma área embaixo da escada e viram um quarto improvisado. Na sequência, eles notaram os pés de Shultis despontando sob um lençol em que ela estava coberta. O avô, de acordo com os agentes, era cúmplice do sequestro. A menina foi resgatada e está sob os cuidado de outros tutores legais. De acordo com as autoridades, ela passa bem. Os pais, Kimberly Cooper, 33, and Kirk Shultis, 32, e o avô, estão impedidos de ter contato com a menor enquanto aguardam por uma decisão judicial.