Mexicano é deportado depois de 30 anos nos EUA

Jorge Garcia, de 39 anos, chegou aos EUA com uma família de indocumentados, mas não se qualifica para o DACA por causa da idade

0
4873
Jorge Garcia se despede da familia no aeroporto de Detroit FOTO Niraj Warikoo, Detroit Free Press
Jorge Garcia se despede da familia no aeroporto de Detroit FOTO Niraj Warikoo, Detroit Free Press

O mexicano Jorge Garcia, de 39 anos, se despediu emocionado da esposa e duas filhas na segunda-feira (15), no aeroporto de Detroit horas antes de embarcar para o México, para onde foi deportado. A esposa de Jorge, Cindy Garcia, chorou muito enquanto o marido era escoltado por agentes do U.S. Immigration and Customs Enforcement – ICE.

Jorge chegou aos EUA ainda criança acompanhado de uma família de indocumentados e trabalhava como jardineiro no Michigan. Sua esposa e filhos são cidadãos americanos.

O mexicano tinha ordem de deportação em aberto desde 2009 e, desde essa data, fazia check-ins na Imigração e tinha permissão para ficar no País. Até que em novembro último, recebeu ordem para deixar os EUA.

Segundo ativistas de imigração, Garcia pagava todos os impostos e não tinha nenhum recorde criminal, nem mesmo multa de trânsito.

Ele não se qualifica para o Deferred Action for Childhood Arrivals – DACA – que beneficia filhos de indocumentados que nasceram depois do dia 15 de junho de 1981.