Miami-Dade realiza operação na Baía de Biscayne para salvar a vida marinha

A operação consistiu em oxigenar a água contaminada por bactérias. Semana passada, milhares de peixes e outras espécies marinhas apareceram mortos na Baía de Biscayne

0
757
Barco do Miami-Dade Fire Rescue em operação (foto: Facebook Miami-Dade Fire Rescue)
Barco do Miami-Dade Fire Rescue em operação (foto: Facebook Miami-Dade Fire Rescue)

O Miami-Dade Fire Rescue  e o Miami Waterkeeper se juntaram em uma operação para ajudar os peixes e outras espécies marinhas da Baía de Biscayne, em Miami, a respirarem. 

A operação realizada neste sábado (14) consistiu em usar dois barcos da Miami Fire Rescue que , por meio de uma tubulação acoplada, sugaram dois mil litros de água por minuto e em seguida atirou novamente a água ao mar, gerando oxigênio para os peixes.

Bombas de sucção de água também foram instaladas nos pontos da baía mais afetados.  “Ken Russel, membro do Conselho Administrativo de Miami-Dade, disse que o nível de oxigênio na água chegou a zero durante a madrugada de sexta para sábado. “Isso acontece quando não há fotossíntese, de jeito nenhum”, disse Ken à Local10 News TV. 

Semana passada, milhares de peixes e outras espécies marinhas apareceram mortos na Baía de Biscayne. Uma das linhas de estudo para identificar a causa da matança aponta para a alta concentração de bactérias, que absorvem o oxigênio da água.