Miami Open agita Key Biscayne

0
2557

A ilha de Key Biscayne é um pedaço de paraíso no sul da Flórida, ao lado de Miami. Normalmente tranquila, o local vive todos os anos duas semanas frenéticas nos meses de março e abril. O Miami Open de 2017 começa nesta segunda-feira, 20 de março, e se encerra no dia domingo, 2 de abril, com a final masculina do torneio.

Miami Open é disputado na sequência de Indian Wells na Califórnia, os dois torneios que abrem ATP Series – ou seja, torneios que distribuem ótimas premiações e ficam pouco abaixo dos torneios de Grand Slam. Aliás, Miami Open é tão valorizado que é informalmente considerado como o “Quinto Slam”, pois atrai os melhores tenistas do mundo que encantam os fãs do tênis que vivem na região e também atrai turistas que não querem desperdiçar a oportunidade de ver os craques do tênis em ação.

Infelizmente, alguns desfalques já estão confirmados. Após ter vencido o Australian Open, o primeiro Grand Slam do ano, Serena Williams, que bateu na final sua irmã Venus, não estará participando deste torneio jogado no “quintal” de sua casa, uma vez que ela vive em Palm Beach Gardens. Maior recordista individual em conquistas de Grand Slam na Era Aberta, com 23 títulos, Serena tenta este ano superar a australiana Margaret Smith Court, que arrebatou 24 títulos de Grand Slam na Era Amadora.

Claro que ausência de Serena será sentida, entretanto, as outras melhores tenistas do planeta estarão presentes: Angelique Kerber (ALE), Karolina Pliskova (CHE), Simona Halep (ROM), Dominika Cibulkova (ESL), Agnieszka Radwanska (POL), Garbine Mugaruza (ESP), Svetlana Kuznetsova (RUS), Madison Keys (EUA), Johanna Konta (GBR) e Venus Williams (EUA).

Do lado masculino, também só tem feras. Aqui estão os 10 melhores colocados no ranking da ATP: Andy Murray (GBR), Novak Djokovic (SER), Stan Wawrinka (SUI), Milos Raonic (CAN), Kei Nishikori (JPN), Rafael Nadal (ESP), Marin Cilic (CRO), Dominic Thiem (AUT), Gael Monfils (FRA) e Roger Federer (SUI). Vale destacar que Federer voltou a vencer no Australian Open este ano e agora soma 17 títulos de Grand Slam em sua carreira.

Para saber mais informações sobre o Miami Open, acesse http://miamiopen.com/home.

Voltam os roncos dos motores na Fórmula 1

A Fórmula 1, categoria mais nobre do automobilismo mundial, abre sua temporada de 2017 neste final de semana com o Grande Prêmio da Austrália, em Albert Park, com uma curiosidade. Pela primeira vez, o atual campeão não estará defendendo seu título, porque Nico Rosberg anunciou sua aposentadoria na categoria após ter realizado o sonho de vencer um Campeonato de Fórmula 1. Sendo assim, todos os outros pilotos partem em busca da glória de ser o novo campeão.

Claro que alguns pilotos despontam como favoritos. Lewis Hamilton, que venceu as temporadas de 2014 e 2015, continua como o homem a ser batido a bordo de sua espetacular Mercedes. Além dele, podem faturar o título Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe; Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, da Ferrari, e a dupla da Red Bull Racing: Daniel Ricciardo e Max Verstappen. Para os brasileiros, resta torcer por Felipe Massa, de volta ao grid após a equipe Williams chamá-lo de volta depois de Bottas transferir-se para a Mercedes. Outra boa notícia é a manutenção da etapa do Grande Prêmio Brasil, marcado para 12 de novembro, em Interlagos, entre as 20 provas programadas para esta temporada.

Botafogo completa primeira rodada invicta para brasileiros na Liberta

O Botafogo, que se classificou para a fase de grupos por meio da Pré-Libertadores, foi a última equipe brasileira a estrear na Copa Libertadores da América e completou a primeira rodada de times brasileiros com oito partidas sem derrota – sendo quatro vitórias e quatro empates. O Alvinegro carioca enfrentou o Estudiantes de La Plata no Engenhão na terça-feira (14) e saiu na frente com um gol de meia bicicleta de Roger. O time argentino empatou com Otero, mas Rodrigo Pimpão decretou a vitória da equipe da Estrela Solitária, confirmando sua fase de artilheiro de gols decisivos.

Primeira derrota de brasileiros é do Flamengo

Após ter estreado muito bem na Copa Libertadores da América ao golear o San Lorenzo por 4 a 0 no Maracanã, o Flamengo não foi feliz em sua visita à Santiago quando enfrentou a Universidad Católica do Chile na quarta-feira (15). Apesar de ter mostrado bom futebol, o Rubro-Negro carioca não conseguiu transformar em gols sua superioridade em campo e acabou surpreendido por um gol de cabeça anotado por Santiago “El Tanque”Silva, jogador veterano e de recursos limitados. O placar de 1 a 0 não refletiu o que se viu em San Carlos de Apoquindo, entretanto, o resultado não é nenhuma tragédia porque o Fla depende somente dele para garantir a classificação e, nas próximas rodadas, enfrentará o Atlético Paranaense no Rio de Janeiro e em Curitiba.

Furacão obtém excelente vitória na Argentina

Estreia do Atlético Paranaense foi decepcionante, pois o time vencia a Universidad Católica na Arena da Baixada por 2 a 0 até os 40 minutos do segundo tempo, entretanto, vacilou e permitiu o empate da equipe chilena, deixando sua fanática torcida bastante chateada. Em compensação, o Furacão recuperou-se e derrotou o San Lorenzo de Almagro no Estádio Nuevo Gasómetro por 1 a 0, gol anotado pelo veterano argentino Lucho Gonzalez, artilheiro do clube na Copa Libertadores da América com três gols. Agora, Furacão e Universidad Católica dividem a liderança do Grupo 4 com quatro pontos ganhos. Como este grupo é um dos mais difíceis do torneio, o Rubro-Negro paranaense precisa conseguir bons resultados nos confrontos com o Flamengo nas duas próximas rodadas se quiser sonhar com a classificação para a próxima fase.

Palmeiras vence em cima da hora e lidera seu grupo

A torcida do Palmeiras que lotou o Allianz Parque com público pagante superior a 38 mil pessoas e proporcionou uma renda acima de R$ 2.5 milhões empurrou a equipe em sua estreia na Copa Libertadores da América e foi recompensada com o gol do zagueiro colombiano Yerry Mina aos 50 minutos da segunda etapa na quarta-feira (15). A equipe Alviverde dominou as ações, no entanto, o bom posicionamento da equipe boliviana do Jorge Wilstermann impediu que o Verdão criasse muitas oportunidades de gols. É verdade que o atual campeão brasileiro desperdiçou excelentes chances com Borja e Guerra, porém, o time de Cochabamba confirmou ser um time bem organizado e não foi à toa que goleou o Peñarol por 6 a 2 em casa. Nas duas próximas rodadas, o Verdão enfrentará o Peñarol em São Paulo e em Montevidéu e dois bons resultados deixarão o Palmeiras em ótimas condições para se classificar à próxima fase. Atualmente, a equipe paulista é líder do Grupo 5 da Libertadores.

Santos e Chapecoense jogaram em casa

Tanto Santos como Chapecoense jogaram em casa na quinta-feira (16). Em razão do fechamento da coluna, não pudemos cobrir estas partidas. O Santos recebeu The Strongest da Bolívia na Vila Belmiro pelo Grupo 2, enquanto Chapecoense recebeu o Lanús da Argentina na Arena Condá e pode ter assumido a liderança do Grupo 7. Os dois brasileiros eram favoritos para vencer.

Clubes grandes carimbam classificação na Copa do Brasil

Pouco a pouco as equipes menores vão sendo eliminadas da Copa do Brasil. Na quarta-feira (15), garantiram classificação para a quarta fase as seguintes equipes:

São Paulo – empatou em 1 a 1 com ABC do Rio Grande do Norte em Natal, mas se classificou após ter vencido o adversário por 3 a 1 no Morumbi.

Fluminense – derrotou o Criciúma de Santa Catarina por 3 a 2 e se classificou após ter empatado em Criciúma em 1 a 1.

Cruzeiro – Classificação fácil. Depois de ter vencido o Murici de Alagoas por 2 a 0 fora de casa, a Raposa goleou o adversário por 3 a 0 e carimbou passagem para as oitavas de final.

Internacional – O Colorado vem fazendo boa campanha na Copa do Brasil. Após ter goleado o Sampaio Correa no Maranhão por 4 a 1, venceu o adversário em Porto Alegre por 3 a 0 e já está na quarta fase.

Sport – Sport Club do Recife também se garantiu na próxima fase após bater o Boa Vista no Rio de Janeiro por 3 a 0 e derrotou a equipe de Joel Santana por 1 a 0 com gol de Diego Souza.

Joinville – A equipe catarinense perdeu por 1 a 0 para o Gurupi em Tocantins. Entretanto, como havia vencido o adversário em Santa Catarina por 3 a 1, acabou classificando-se para a outra fase pelo saldo de gols.

Outros jogos pela Copa do Brasil

Na quinta-feira (16), enfrentaram-se Corinthians x Luverdense; Cuiabá x Goiás; Vitória x Vasco; ASA x Paraná. Como não foi possível acompanhar o final da rodada, aqui estão os palpites. Corinthians e Goiás devem ter-se classificado, enquanto Vitória e Vasco fica difícil de prever, pois as duas equipes ficaram no empate de 1 a 1 em São Januário e depois se enfrentaram em Salvador. Por fim, ASA de Alagoas e Paraná se enfrentaram pela primeira vez em Arapiraca e voltarão a jogar no dia 6 de abril em Curitiba a fim de definir os dez classificados para a quarta fase.