Ministério da Agricultura cria Câmara da Cerveja

Objetivo do órgão é fortalecer o setor no Brasil, que é responsável por 2% do PIB

0
984
Setor cervejeiro gera quase três milhões de empregos (Foto: PXHERE)
Setor cervejeiro gera quase três milhões de empregos (Foto: PXHERE)

Um grupo de pessoas, em volta de uma mesa e, na pauta, cerveja. Não, não se trata de uma conversa de bar, mas sim da Câmara da Cerveja, um colegiado criado pelo Ministério da Agricultura com o objetivo de fortalecer a produção da bebida no país. Aliás, o setor cervejeiro brasileiro já é o terceiro maior do mundo.

Ao todo são mais de 1.190 empresas registradas no país, responsáveis anualmente pela produção de 14 bilhões de litros e faturamento de R$ 100 bilhões – ou 2% do Produto Interno Bruto. E não é só isso: a indústria gera quase três milhões de empregos. Nada mais justo que o tema seja tratado com muita seriedade, segundo a ministra da pasta, Tereza Cristina.

Na verdade, o Brasil já teve uma câmara setorial antes, mas o órgão acabou extinto em 1995. Entre os assuntos na pauta de debates do novo órgão estão pesquisa e inovação, mercados interno e externo e diversificação da produção. A câmara será composta por representantes de associações do setor e do sindicato da indústria da cerveja.

Vale mencionar que o Brasil tem ainda outras duas câmaras exclusivas para bebidas: a de Viticultura, Vinhos e Derivados e a da Cachaça.